2012-05-08

França


E talvez agora a austeridade acéfala tenha ficado finalmente manca. Não podemos voltar aos bons velhos tempos de desperdício; mas a esquerda nunca esquece que a economia, antes de se fazer de números, faz-se de gente.

4 comentários:

deep disse...

A verdade é que a gente tem sido sobejamente esquecida. Veremos...

Boa semana, tanto quanto a chuva e as notícias da austeridade o permitirem. :)

pé-de-cereja disse...

A-POI-A-DO!!!!

E finalmente fala-se em crescimento.

Hipatia disse...

Excessivamente esquecida. Ou como se não contasse para rigorosamente nada, tirando talvez mais um lorpa qualquer a quem sugar mais uns impostos e umas taxas e umas contribuições...

Hipatia disse...

E de esperança, Cerejinha. Talvez o bem que mais nos falta para empandeirar a crise :(