2010-12-02

Facebook

aqui


Mesmo que nem seja verdade e que tudo se resuma a cansaço de anos e anos a alimentar um blogue, às vezes parece que, com a entrada em cena do Facebook, foram desistindo quase todos os que gostava de ler. E sim, pode ser coincidência; e sim, pode ser só cansaço. Mas eu não consigo achar piada ao Facebook e aquela forma escancarada como tantos se põem a jeito para que lhes entre um maluco pela casa dentro; ou a falta de privacidade; ou a forma como, num instante, nos poder cair na sopa uma cavalgadura que não víamos há vinte anos e sem saudades nenhumas. E deve ser por isso que, até tendo um Facebook, deteste o Facebook. E deve ser por isso que quase lá não ponho os dedos e as teclas e mantenho o blogue com o nick do costume, que é para não se misturarem as águas. Mas as leituras que por aqui eram vício vão ficando silenciosas e já nem vontade tenho de actualizar os links ali ao lado ou no Reader. E um dia destes também bato com a porta, por cansaço, por já não saber mais o que dizer, por andar com a crise por dentro bem mais do que dentro da crise. Mas não vou para o Facebook. Acho que já me levou demasiada gente, mais a quinta e o diabo a quatro e as (in)confidências a nu para todos verem, até os fedelhos que não era suposto saberem, mas é preciso mais um vizinho para a quinta. E detesto aquilo e detesto ver blogues a fechar. E detesto esta sem vontade que me deixa ficar para aqui cada vez mais silenciosa, sem vontade de cirandar, sem vontade de conhecer novos espaços de quem ainda tem empenho em escrever um post, sem vontade de comentar, em autofagia das minhas rotinas.

17 comentários:

Paulo Abreu e Lima disse...

Calminha, 'nina! Não tenho FB, nem twitter, nem Hi5, nem msn... Já tive 4 blogues e só ainda não passei para o quinto porque dá trabalho "construir" casa à medida. Mas digo-te, às vezes, por mais saturado que me sinta, bate uma vontade de escrever danada. Muito esporadicamente, ou cada vez menos. Mas dá, dá!

Hipatia disse...

"O Jumento" vai fechar, sabias? É mais um. Raios!

Hipatia disse...

(sempre podes vir escrever para aqui; eu não te deixo mexer no template :D)

catarina campos disse...

Páááá...aquilo é giro, rápido, tem piada como mini blog, parto-me a rir....que queres, chega a um ponto, já não há muito mais a escrever. Beijos.

deep disse...

Continuo por cá - menos, é verdade, mas porque o trabalho me tem roubado o tempo e, por acréscimo, a vontade, sobretudo de escrever. Começo a sentir, como tu, as ausências.

Bom fim-de-semana. :)

I. disse...

Estou como tu com o facebook. Não me revejo: prefiro ser mais uma anónima aqui, poder dizer o que me apetece, independentemente de ser ou não ser lida. O facebook não substitui um blog, nunca. Tenho medo de um dia se me acabar o assunto, mas então, olha, logo se vê.

shark disse...

Este assino de cruz.
Mas desistir é perder.
E nem a feijões...

Paulo Abreu e Lima disse...

Vai fechar nada, só se fecha de sopetão, sem avisos.

(Olha que aceito o convite e entro por aqui adentro, salvo seja :P)

pé-de-cereja disse...

Quando li o teu post ainda quase não tinha comentários, entretanto não disse nada e hoje que vinha decidida a dizer o quanto estava de acordo contigo, vejo que estás (estamos, portanto) muito bem acompanhada.
Tenho o FB como realmente toda a gente, mas a verdade é que não me ajeito muito com aquilo. Vou lá quase só ler o que os outros escreveram, por mim não sinto inspiração... :)
Um blog é de facto outra loiça, mesmo que se feche um e se venha tempos depois a abrir outro porque afinal isto é um bicho que não nos larga com facilidade!
Um abraço

Hipatia disse...

Um dos meus grandes problemas com aquilo é a falta de privacidade, Cat. Nunca me senti demasiado visível nos blogues, nunca quis ser demasiado visível. Ali, parece que me entram pelas traseiras, pelo buraco da capoeira do amigo que precisou de mais um vizinho. E não me dá pica escrever naquela página branca, claro :D

Hipatia disse...

Menos também, Deep, que já lá vai o tempo de ter imensas ideias e disponibilidade para alimentar o bicho. Mas ainda é o meu cantinho anónimo e anódino. Talvez por isso ainda ando por cá.

Hipatia disse...

Pois, essa do assunto é mais complicada: ao fim destes anos todos, não é difícil para mim perceber que, se todas as pessoas são um mundo, eu sou uma asteróide pequenito ou um Plutão despromovido :(

Hipatia disse...

E somos teimosos, não é o Jorge? :))

E aquela coisa do "o que estás a fazer agora" ou lá o que é (como no passarinho, aliás) irrita-me solenemente. Se alguém me dissesse uma coisa daquelas olhos nos olhos ia levar uma daquelas respostas bem tripeiras para saber que a curiosidade não papou só o gato.

Hipatia disse...

Parece que já mudou de ideias. Mas há quem anuncie e não volte. Há sempre gente para tudo, já devias saber :)

E o convite está feito.

Hipatia disse...

Bem, Cereja, nem eu sabia que tinha tantas respostas, que andei o fim-de-semana na "boa vai ela" e só agora arranjei um bocado de tempo para parar por aqui. Mas entre 3 dias de concertos e mais as prendas de Natal, o bicho, hoje em dia, é o primeiro a sofrer. Há uns anitos talvez não, que o vício era bem mais forte. E é também sobre isso o post, que tenho uma mãe viciada na Quinta, pegou a doença ao meu melhor amigo e agora até o meu pai me manda convites estranhíssimos para as coisas mais variadas e até cavalos azuis às pintinhas. E, como em todos os vícios, não largam a coisa, sendo que eu acho que já dei para o peditório das dependências :)

Claire disse...

Alo Hip,
Antes de mais saúde para 2011.
tb tenho fb que mais uso como lista de contactos e para informação.
O blog dá mais espaço à criação.
Como tudo, uns vão e outros vêm (-se).
Conto contigo por aqui como um livro vivo.
Bejo sem i pa ti

Hipatia disse...

Beijo para ti, com i e tudo, minha amiga. E que tenhas um belo 2011: se vires que não anda de feição, pinta-o com as cores mais garridas :))

(livro? xiii!)