2011-03-08

... e nos outros dias

4 comentários:

mfc disse...

Notável!

Hipatia disse...

Há igualdade? Quando soubermos que a resposta é sim, então podemos deixar de perguntar. E deixarmos de ser as primeiras a fazer chacota desde dia, como se não fizesse sentido, como se todas as mulheres - e mesmo essas - vivessem num qualquer cantinho paradisíaco do mundo ocidental.

Filipa disse...

Ainda te leio. Hoje vim cá deixar comentário. Tinha de cá vir. No nosso dia. :)

Vídeo muito marcante com a brilhante narração da Dame Judi Dench. Palavras fortes. Demasiado cruéis até, se pensarmos que isto se passa no UK, um país que, enfim, até tenho em boa conta. E provavelmente está bem classificado no quadro geral de direitos de igualdade de géneros.
Uma em cada quatro mulheres sofre de violência doméstica?? Uma em cada quatro!
Não estamos bem e não é preciso atravessar fronteiras, mas também o UK está bem longe de uma igualdade de géneros. O Reino Unido, a França, a Itália, a Espanha, a Europa, a África... O Mundo todo está a anos-luz. E é por isso que este dia não deve ser passado em branco. É por isso que abano a cabeça a todas as idiotas (mais mulheres, imagine-se) que me dizem que celebrar e assinalar este dia significa precisamente que somos diferentes e até fracas e que, para existir igualdade, deveria de haver também o dia mundial do homem...

Um beijo, querida S.

Hipatia disse...

Leste-me nos teus anos? Não me esqueci de ti, minha amiga. Nunca me esqueço :)

O mundo é sempre mais do que o nosso umbigo. E enquanto assim for e enquanto ainda houver perguntas com resposta negativa, como a do vídeo, então há dias em que é preciso continuar a lembrar. Mesmo que o nosso umbigo esteja bem; mesmo que não sejas aquela desgraçada da estatística; mesmo que não te cortem o nariz ou as orelhas, ou te apedrejem em praça pública ou te matem por causa do dote.