2007-02-21

Dia de pandemónio


aqui

O ano passado não acertei com a data. Este ano faço questão de não errar. Porque há sempre algo que nos traz de volta; porque há sempre alguém que nos importa assim tanto que, sem medir o esforço, nos dedicamos a abrir o blogue e deixar os dedos passearem sobre as teclas. E, sim, os dedos ainda sabem por onde ir; as palavras ainda aqui bailam, mais silenciosas mas presentes ainda. Com presença suficiente para o poucochinho que sei e posso cá de longe, com tanto quilómetro de permeio e as ausências e silêncios e esta coisa de estar sem estar realmente por aqui. Mas venho! Venho pela amizade… Haverá motivo melhor para interromper silêncios que esta vontade de te dizer, na data certa, parabéns Jaquelina Pandemónio?

9 comentários:

jp disse...

acertar na data e no cavalo marinho é o resltado do descanso a que te tens dado.
obrigado pela amizade
o bolo está na Marie
o meu abraço e o beijo lambuzado aqui
e mesmo sem estares eu sei que estás
a voz não se acaba só porque agora não se ouve
:)**

gaivina disse...

Vou lá comer uma fatia do bolo!
Mas..."a voz não se acaba só porque agora não se ouve"(?)...Escutam-se outras vozes

gaivina disse...

pois....esta questão dos aniversários, escapa-me...

maria_arvore disse...

A escolha deste peixinho tão especial para a JP parece-me mesmo acertada. :))

Obrigada JP por ressuscitares a Hipatia. ;)

Hipatia disse...

Já nem se pode perder o pio...

jp disse...

Gaivina
porquê a interrogação?
e claro que se ouvem outras vozes, a tua por exemplo.
E Gaivina, eu não ligo peva aos anos,mas é mais um pretexto para para um"levanta-te e anda"
Vês como resultou?

A Marietree captou logo a cena
;)

cap disse...

Cena fixe, JP.
Parabéns! :)

ela anda a partir pedra e eu nas tinats disse...

caramba vou já lá gingar ....oh Hipatia ainda bem que foste num pé e votaste no outro que já estava a pensar tirar o gaivina do sério .

Hipatia disse...

E Maquiavel não vos diz nada?

Grunft!