2007-02-09

Silêncio na casa da Voz




Acordei. A casa estava vazia.
Ela tinha levado as roupas todas e o seu livro de cabeceira. Deixou a sua vasta biblioteca; não teve tempo para a empacotar... as urgências da vida são mesmo assim.
Agora, estou só nesta casa, desajeitado como todos os homens são. Não entendo nada da máquina das palavras e sinto falta Dela. O pior, é que todos os dias me chegam as palavras dos amigos: poderei eu responder em nome dela?
Acho que Hipátia se cansou ou, se calhar, secou-se-lhe o rio das palavras aflitas... Não sei... Estou sozinho no meio da sua casa sentindo o peso enorme que é ocupar um espaço grande; eu que vivia fechado naquele pequeno quarto de onde só saia quando a preguiça me deixava.
-Que vos posso dizer? Hipátia não está em casa e não vale a pena deixar recado. Mas posso ajudar? Eu... até me ajeito neste ofício de olhar a vida...
Não vá embora! Volte! Ensine-me a ocupar esta casa. Podemos escrever qualquer coisa juntos.
...Ou, talvez, ela mude de ideias...

8 comentários:

ela anda a partir pedra e eu nas tintas disse...

Positivismo ...que a rotina é fatal . ela foi ver mundo e quando voltar vem cheia de novas energias e tu tens ai a BIBLIOTECA isso é FANTASTICO .

Bastet disse...

Cá estou eu em visita para dar ânimo ao guardião da casa! :)*

Hipatia disse...

E agora que te digo? Que te faço a vontade e regresso hoje pelo SIM?

Tens ai o post que me pediste. Sem as palavras que não tenho ainda, com a voz do povo para lhe dar algum sentido.

Obrigada, meu amigo.

E obrigada, meninas.

Beijos aos três.

marta disse...

Eu também venho. Por ti e para ver se Hipatia se enche de vontade.
Beijinhos

maria_arvore disse...

Gaivina,
não te sintas sozinho em casa que nós vimos cá ajudar-te a sujar e a limpar ;), como se faz numa casa viva. :)

Ela foi fazer umas férias para recuperar do cansaço qu'isto com o correr do anos, não mata mas mói ;)e nós continuamos cá a fazer das tuas palavras deliciosas e frescas acepipe. :)

cap disse...

Só por este teu texto, Gaivina, foi bom a maluca da Hip ter ido tratar da rouquidão. Gostei!

Agora, ela que não abuse... ;)

gaivina disse...

Claire:
Conheces bem esta raça dos criadores...
mas nunca tive um blog... nem sei se quero ter.
Vocês são todos muito boa gente.
E eu....eu, pinto com as palavras:
quando me apetece.

Bastet:
O ânimo é a chama que me alimenta, em tudo que faço com a intenção do belo.
Mas nunca poderei comentar ou escrever com a mesma atenção que a Hipátia tem sobre a vida.

Hip:

Equivalente ao teu Post só da Maria José Vitorino no "Ler do Ler" ( http://lerdoler.blogspot.com/2007/02/domingo-que-vem.html )
Estamos todos acordados!
Sobre as questões "domésticas", falaremos depois.
Um beijo com sabor a mar, desta ave de arribação.

Marta:
Todos queremos que a Hip volte...
Mas é preciso dar tempo ás palavras para reformarem raizes.
Este beijo, é teu.

Maria:
Qualquer comentário que eu faça, vai saber sempre a abulação...
Que fiz eu para cair no meio de duas históricas? Eu que nem sequer queria um blog? Eu só queria um quarto para dormir: ocupo pouco espaço e não dou chatiçes...
nem sequer consigo comentar os teus textos... Vou lá de visita e leio: a "coisa" é sempre questionadora para um homem.... E tu sabes que é essa a intenção...
Uma informação:
-O homem Novo ainda não nasceu.
mas o despertar incómodo das tuas palavras, talvez contribua para essa concepção.
Um beijo com profunda estima e admiração. Com risos pelo meio, claro.

Cap:
A mulher está rouca... Pois é, mas ainda tem muito que dar a esta comunidade de malucos...
Fazs-nos falta a INCEDIÁRIA! (nota: o incêndio dela começa sempre pelo lado de dentro: o mais insuspeito)

Beijos a todos!
Vamos a ver o que consigo fazer....

Anónimo disse...

Mais Vozes

sozinho em casa é um filme divertido, ficção... como tal, acho que ela muda de ideias e vem juntar de novo a voz à voz!
(caramba, ela levou mesmo o nome do blog à letra e pôs-se em fuga?)
fábula | Homepage | 02.09.07 - 10:38 am | #

--------------------------------------------------------------------------------

O Gaivina pediu-me um último post antes do referendo. Volto pelo SIM, porque há momentos em que não vale a fuga
Hipatia | Homepage | 02.09.07 - 7:06 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Fábula, querida.
isto de entender as mulheres criativas, não é fácil!
Espero que ela volte em breve pois, em cima do frigorífico das palavras, amontoa-se um coro de murmúrios.
gaivina | Homepage | 02.11.07 - 2:05 am | #