2009-09-09

Dez (mas havia mais)


aqui

Parece que a Fab não resistiu a pôr-me em jogo (logo agora que, nas notícias, está o meu acabado Boavistinha, snif!) e, vai daí, cá estou eu amarrada a dar dez cartões vermelhos a coisas básicas que me tiram mesmo do sério:
  1. Unhas roídas: pel’ amor dos deuses! Mas que raio de complexo mal resolvido faz essa gente andar sempre a chupar o sabugo?


  2. Unhas dos pés tamanho XL e com manicura francesa: parece que é moda e ficam assim umas garras a saírem pela sandalita fora com o branquinho na ponta. Apre! Até no jardim zoológico se encontram patas mais bonitas!


  3. Genitais masculinos depilados: eu quero lá bem saber de quais desculpas e/ou argumentos possam ser invocados, que aquilo parece o pescoço de um peru morto e sem serventia.


  4. Cheiro a sovaco: acho que nem é preciso explicar, certo?


  5. Cheiro a vinho pela manhã: ou, ainda mais provável, cheiro a bagaço da digestão da véspera reforçado a mata-bicho à saída de casa.


  6. Bufas no elevador: tenho um qualquer vizinho que é perito e ainda não descobri qual; quando descobrir, vai haver baile na reunião de condóminos.


  7. Mais do que o gajo ao volante que atira as beatas, o gajo que desce o vidro e atira o escarro fresquinho.


  8. Portugueses novo-ricos em férias no estrangeiro, a reclamarem de tudo enquanto fazem uma sandocha e limpam os bigodes ao cotovelo.


  9. As crias dos portugueses em férias, sempre de goela sonoramente aberta e a estrebucharem no meio do chão.


  10. A Manuela Moura Guedes: é que já não há cu para a história da coitadinha que anda – e andam – a tentar inventar em todo lado, a mais aquelas beiças escarrapachadas em tudo quanto é revista de tudo quanto é quiosque.



E as vítimas da corrente são: Bartolomeu, Bagaço, Carlos, Frogas, I., JoãoG e Manel.

23 comentários:

I. disse...

1- me mate rói as unhas, desde os seis anos. coisas. anda há 4 (tantos quantos me conhece, coincidência) a tentar deixar. basta uma crise qualquer, e volta. ontem foi o i pod que bloqueou, duas unhas down. fuck.

8- andávamos nós no metropolitan, deslumbrados que aquilo é um mundo, passa um casal tuga com menina no carrinho, a berrar (9- porque será que a criançada estrangeira não latina é tão calminha?). a gaja ia-se a queixar e tal, que se tinham a ala americana fechada ao público (que não é nem 1/10 do museu, adiante), não deviam pedir a entrada - contribuição de 20 dólares, mas só, vá, de dez. Pode????? e me mate ralhou com um casalinho tuga que, alegremente, faziam fotos com flash em frente a pinturas, enquanto ignoravam as chamadas de atenção do guarda. Pode????

Do escarro, mata bicho e das bufas já nem digo nada. Amanhã alinhavo a minha ;)

Paulo Abreu e Lima disse...

Não foram só 10 cartões vermelhos, foram 10 valentes (pode-se dizer valente...?) risadas... :))

deep disse...

Por enquanto, apenas uma leitura na diagonal. Volto depois de seleccionar os meus cartões... palpita-me que os há repetidos!

Até logo às duas. :)

Hipatia disse...

E eu fico à espera, que sei bem que ainda consegues ser mais corrosiva do que eu quando te atiram para o colo dez cartões vermelho para distribuir à vontade :D

Hipatia disse...

Oh pá! Vou ter que me habituar ao nome. Não importa! O endereço está certo ;-) Agora a bola está do teu lado para a valente resposta que quiseres dar. Mas se vais dizer mal das mulheres, vamos ter uma conversa grande, que aquela do homem estar melhor com a solidão tem muito que se lhe diga: alguma vez viste um gajo depois da mulher lhe sair porta fora com as crias e o gato? Não há nada mais inábil do que um homem que se vê, de repente, completamente só.

Hipatia disse...

Até logo :)

Emiele disse...

Ui!
Mais certeiro não podia ser!
Se a 'incivilidade' pagasse importo isto se calhar ainda tinha arranjo...
(as unhas roídas, se não o faço, entendo quem o faz - é um sinal de insegurança difícil de controlar...)

Bartolomeu disse...

Pá, miúda... vê lá se prá próxima te lembras de mamandar com 10 cartões de crédito "uíde áute pláfond"... isséquera de valor.
Mas prontes, coumés uma gaja bakana e eu curto-te bués, cá vai.
o 1º cartão vai pró moi même, por se ter precipitado e ter nascido numa época que não é a sua.
o 2º vai pró mêmo, por continuar a acreditar que o gentio que povoa a "bola da níve" ainda pode ser salva.
o 3º vai para o je, porque após vários anos de permanência em jogo, ainda não arranjou tomates para atirar com a albarda ao ar e refugiar-se no Tibete (dizem que as tibetanas são do melhor que ha... boas todos os dias)
o 4º vou dedica-lo a mim, porque após tantos ideais para mudar o mundo, o mundo mantem-se na mesma (foda-se, ha gajos que não servem mêmo pra nada)
o 5º e mudando agora de sujeito, vai para a tipa que ha 3o anos me gamou "os 3" e não mos devolveu e no fim ainda fÊz um escarcéu do caráças, porque e tal... que a tinha desflorado e não sei quê. Ora, pode haver alguem mais parvo que eu? Não!
o 6º cartão vai pro sacana do meu cão. Filho de uma... cadela, passa a noite a ladrar, fui eu morar para o cimo de um monte para ouvir únicamente o som do silêncio e tenho que levar com aquele palhaço, rebéu béu e mais rebéu béu. Já pensei arranjar-lhe uma namorada para ver se o gajo acalma o pito, mas receio que depois em vez de um sejam 2 a ladrar e aí então é que me passava.
o 7º cartão não vou dar a ninguem, porque é um cartão giro. É giro, é diferente dos outros, tem musicalidade, e depois, agrada-me pronunciar-lhe o nome... séte... séte... séte... Cá para nós... acho que esta preferência pelo nº 7 tem a ver com um certo dia em que me achei mais "inspirado", mas... que até hoje não se voltou a repetir :(
o óitabo cartão bai pró predizente da junta lá do meu sítio, purcusacana primeiro que mande tapar os beracos do alcatrão é um martírio.
O noino, dáva-o ao meu vizinho mais próximo que mora quase a um km de mim, se fosse a mulher dele. É cu caramelo foi bafejado no sorteio e coube-lhe não uma mulher, mas um avião, mas o artista, não lhe faz a manutenção e as revisões competentes. Cheira-me que um dia ainda lhe acrescento a pista de aterrágem e acabo por guardá-la no meu hangar. é cá um palpite...
o 10º, o 1º vai direitinho para o gerente do ginásio que frequento, porque apesar da minha insistência, continua a não estabelecer a obrigatoriedade de as meninas retirarem o maillôt, para executarem os exercícios de uma forma mais liberta e relaxada. E... eu detesto estar junto a pessoas oprimidas!!!

deep disse...

Subscrevo tudo! :)

mfc disse...

O 10, para além de vermelho, é irradiação da actividade desportiva.

Ohhh... tou tramado!

Claire disse...

Olá Hip, tu ta lembras de cada uma! a minha avó contava que adoro ir a Londres na sua juventude porque não se cuspia para o chão, pois lá havia escaradeiras.
é pá! engolir aquela gosma toda é coisa mesmo muito má, mas sacar do lenço e cuspir nele como fazia o meu pai tb é berrrrrkkkk. Nunca soube ao certo o que fazer kakelamerda

Hipatia disse...

Eu sou fanática por mãos bonitas, Emiele. A pessoa pode não valer nada, mas se tiver umas mãos bonitas e expressivas, então tem toda a minha atenção. No inverso, até pode ser muito boa pessoa, mas se tem daqueles dedos de onde as unhas desapareceram à dentada, então eu fujo a sete pés arrepiada de nojo.

Hipatia disse...

Bartolomeu, confesso que comecei a ler os teus cartões à espera que viesse um na minha direcção. Escapei! O mesmo já não se pode dizer do hangar da vizinha e do pobre canito solitário :D

Hipatia disse...

E eu já fui lá ver os teus, Deep :D

Hipatia disse...

O anti-jogo, Manel? Acho que tens razão :D

('tás nada!)

Hipatia disse...

Eu lembro-me de haver escarradeiras no Café Majestic e no Teatro S. João, lol. Será que estou a ficar muito velha, Claire? :D

I. disse...

(só para dizer que se um dia te apresentar me mate, ele vai de luvas calçadas.
e adorei o coment do Bartolomeu.
e já fiz, já fiz. esqueci-me de mencionar gajas estúpidas. mas isso é mais alergia que cartão vermelho)

Hipatia disse...

Ele tem unha cortada à dentada ou é daquele dedo sem unha? Se for o primeiro, desde que não abane muito as mãos, está-se bem; no segundo caso, acho mesmo boa ideia essa das luvas :D

Mas então aqueles especímenes da contrafacção e os outros que tratam os objectos pelo nome do fabricante não entram direitinho para a categoria das gajas muito, mas mesmo muito, muito estúpidas?

I. disse...

Já o definiram como "o tipo que rói as unhas até ao cotovelo". Está melhor, mas com recaídas (ontem, por exemplo). Luvas, portanto.

(caem sim senhora. mas há tantas mais! e sinto-me mal por as deixar esuqecidas)

Hipatia disse...

Caraca, menina! Isso não se resolve para aí com hipnose?

Quanto ao resto, podes sempre usar a técnica "nota do editor", "post-scriptum" e afins ;-)

Carlos Gil disse...

pôxa Hip!... só agora vi... é que "não tenho andado cá"... :-(
olha, fazemos assim: quendo "voltar" dou a minha geral de cartões, tá? :-)
beijito

:-)

c

Hipatia disse...

Está :)

Anónimo disse...

Mais Vozes

Chorar a morte da pantera !? mas a menina já não se tinha mudado de armas e bagagem para o ninho do dragão?

eu a conseguir limpar o bigode que não tenho aos cotovelos que já me doem mudava de emprego e ia para o circo de modo a ser feliz

tem vezes que tenho pena de não ter corpinho de modo a poder dar azo ás vontades deste meu cotovelo direito .existem por ai carrinhas onde adoraria esfregar os cotovelos os punhos e até as costas da mão que é aquela parte do corpo que utilizo para coçar o nariz ( o meu claro )
frogas | 09.10.09 - 1:17 am | #

--------------------------------------------------------------------------------

o 3 ia fazendo-me cair para o lado de tanto rir. por acaso é coisa que não me aquece nem arrefece, mas (acredita) nunca mais olharei para o pescoço de um peru da mesma maneira!
esqueci-me de pôr essa dos escarros nas faltas de civismo e de educação, seja pela janela do carro ou em plena rua, é uma coisa que me dá um imenso nojo! =P
eu também tenho "a pulga atrás da orelha" em relação à Manela... não sei, não sei, se o PM se atrevia numa altura destas, era óbvio demais!
fabulosa | Homepage | 09.10.09 - 12:17 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

atão Hip? esqueceste nós?
(o meu comentário é p/o teu post...)
fabulosa | Homepage | 09.11.09 - 10:14 am | #

--------------------------------------------------------------------------------

Nunca me mudei para os Dragões, ainda que os tenha sempre à frente de águias e leõezinhos e coisas que tais. Eventualmente, à frente dos andrades andará neste momento o Leixões e, se por qualquer motivo, vir um qualquer loureiro a chegar-se a eles, acho que organizo uma passeata e um abaixo-assinado virtual.
Hipatia | Homepage | 09.11.09 - 5:59 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Por isso remeti para a tua das beatas, menina

Não esqueci, não, Fab. Só estou naquela (terrível) primeira semana depois das férias, a tentar encontrar a secretária debaixo dos papeis :/
Hipatia | Homepage | 09.11.09 - 6:01 pm | #