2005-11-15

Mensageiros

Just the bang
And the clatter
As an angel
Hits the ground

U2 - Stay


Andam anjos entre nós, escondidos, sonhando a possibilidade de conseguirem segurar uma simples chávena de café; há anjos que querem ser homens para entenderem a espiritualidade humana... há anjos sobre espaços divididos e há anjos sobre espaços unificados, ainda que mais esquartejados, perdidos, à deriva...

Há anjos neste éter virtual, para nos lembrarem que as tricas, as intrigas, os atropelos, são afinal nada mais do que algo que, estando tão longe, se queda tão perto: o tempo (que me pareceu interminável tanta vez), sempre finito, ainda que perspectivado pelos olhos de quem o conta; a mudança, a inveja e a avareza, o amor... Quase nos perguntamos porque quererá ainda um anjo conhecer as vivências dos homens; porque haveria de querer sofrer as penas de uma espiritualidade perdida num mundo desencontrado, desencarnado.

Há anjos que se cansam de olhar sobre os ombros das almas mais que penadas que habitam um qualquer espaço enclausurado. Há anjos que lêem em posturas rebeldes algo de belo, mesmo que outros nada consigam aí ver e ainda são, hoje, capazes de tecer loas a fugazes figuras quase míticas de um mundo cada vez mais mediado...

Talvez porque os anjos são mensageiros de amor. O amor verdadeiro, aquele que não tem câmaras nem holofotes, ou letras e palavras, ou sequer artifícios; aquele que se perde em toques ou aquele que nunca se chega a tocar... Porque há anjos que vêem para além de tudo; porque há anjos que chegam ao fundo de mim e, com umas quantas palavras, me sabem mostrar que não há longe, não há distância... só mensagens de amor!




(ou porque este é "só" um dos meus filmes favoritos - de uma enorme colecção de favoritos -, e hoje alguém mo fez recordar.)

19 comentários:

moStrenGo adamastoR disse...

É mais que um filme...

Nic disse...

Desculpa-me o comentario aqui fora do contexto:
Aqui ha' uns largos meses colaborei com a AMI cedendo umas fotos para um eventual projecto de caridade "AMI Pela Ásia": O poder extraordinário da Solidariedade!
Importavas de de me actualizar na situacao. Para que eu possa actualizar a publicidade que ainda continuo a fazer a este projecto no meu blogue.
Muito Obrigado
Nic

sofia. disse...

Ainda me lembro da 1ª vez que vi esse filme...
Muito mais que um filme, como diz o monstro
E sim, também acredito nos anjos de que falas e é bom quando os sentimos perto :)

Cristina disse...

bolas, mais um que não vi! o que eu ando a perder:(

beijos

Mocho Falante disse...

Este tb não vi...será que há no Blockbuster????

Beijocas

Hipatia disse...

Muito, mas mesmo muito mais do que um simples filme. Um estado de espírito, no mínimo. E uma arrepiante banda sonora :)

E de cada vez que o Cassiel cai aos pés da sua Rafaella...

Hipatia disse...

Nic, olá, olá :))

Em relação ao que me perguntas, também nunca mais soube nada, desde que escrevi o texto sobre o magnífico concerto de solidariedade no Coliseu do Porto. Mas talvez a Isabel Bodhisattva (http://isabelbodhisattva.blogs.sapo.pt/) saiba mais alguma coisa :)

Desculpa não saber ajudar.

Hipatia disse...

Não sei cansar-me deste filme, Sofia. Ofereceram-mo há muito tempo e tem, também por isso, um significado muito especial. Até porque quem mo deu é um desses anjos ;-)

E agora toca aqui - o que acontece com alguma frequência, confesso - a BSO :)) Fabuloso!

Hipatia disse...

Este precisas de ir alugá-lo ao Clube de Video, Riquita. E, se posso sugerir, não basta ver o "Wings of Desire" para gostar de Wim Wenders. Aluga também o "Paris, Texas", o "Faraway, Co Close", o "Lisbon Stories", o "Tokyo-Ga", o "Until the End of the World"... ;-)

Hipatia disse...

Deve haver, Mocho. Na secção de filmes antigos, apesar de ser intemporal ;-)

Provavelmente viste foi a charopada americana, que não tem (mesmo) nada a ver, chamado "City of Angels". Se não viste, não perdes nada :)))

digoeu disse...

um dos meus favoritos!
ou não tivesse tatuado asas!
mau seria se não conseguissemos sentir o toque da doçura e bondade por onde caminhamos!
;)

Maria disse...

Não deixa de ser curioso, muito curioso...no Sábado comecei a escrever uma "coisa" daquelas que costumo postar, sobre anjos, e depois não postei porque ando ocupada com outras coisas...

Já não é a primeira vez que me acontece (já me aconteceu uma porrada de vezes, tenho mesmo de dizer) postar qualquer coisa e encontrar poucos dias depois um post sobre o mesmo assunto, escrito 1 ou 2 dias antes ou depois do meu. E por vezes penso "será que viram o meu post e se inspiraram? então e nos outros casos..eu ainda não tinha visto este post assim assim e escrevi sobre a mesma coisa".

Talvez sejam eles que andam por aí e nos encaminhem até determinados blogs...ehheheh! E foi isto que escrevi sem tirar nem por, com as ideias todas atabalhoadas e repetidas:

"Às vezes os anjos cantam para mim
Cantam-me as respostas às minhas questões
Mesmo que as queira esconder de mim
Não estarei demasiado embriagada na minha dor para os ouvir
Não estarei anestesiada pelas coisas que a vida me dá
Não estarei demasiado perdida em mim ou noutra pessoa qualquer
E então eu junto à minha prece
“Falem numa linguagem que eu entenda
e eles mostram-me histórias e poemas
o riso cristalino de uma criança
olhos que falam
a letra de uma música qualquer
o canto de um pássaro
uma dor de dentes
uma dor de cabeça
e posso ignorar durante algum tempo
mas se não ouvir um dia vão-me obrigar
porque fui eu que lhes pedi para cantar."

Depois de editado ainda o vou publicar...um dia destes.

Ainda bem que vais deixar viver o blog. É um ponto de encontro. Beijinhos

patologista disse...

Menina! "asas do desejo" e "Magnólia" são os meus filmes favoritos.
No caso das asas do desejo gosto de tudo: Como fotógrafo que sou adoro aquele preto-e-branco, adoro o texto belissimo do Peter Handke e do Wenders, adoro a forma como nos mostram que as pequenos actos do dia-a-dia podem ser belos, até o sentir frio, ou o sabor do café.
Fantástico.

Hipatia disse...

Tatuagens não tenho, Digoeu. Nunca me conseguiria habituar a ter uma qualquer coisa tão perene. Mas, a mudar de ideias, asas são uma excelente opção ;-)

Hipatia disse...

Maria, que lindo! Trata de editar e publica. Merece ser publicado :)

E, sim, também me acontece muita vez sentir que estou em sintonia com os outros; que alguém disse o que eu queria dizer; que é como se os mesmos pensamentos habitassem pessoas que, tanta vez, nunca se viram. Se calhar é por isso que, neste mundo de encontros que são os blogues, se torna tão fácil sentir empatia por desconhecidos :)

Hipatia disse...

Patologista, antes de mais, bem vindo à Voz em Fuga :)

Eu tenho tantos filmes favoritos que se torna, por vezes, difícil escolher. Porque dependem do meu estado de humor e há dias em que tenho porque tenho de rever um qualquer filme e, noutros dias, seria incapaz de o escolher. Mas alguns são mesmo mais favoritos do que outros, claro. E também está entre eles o "Magnolia".

Mas o teu comentário fez-me logo ter vontade de te recomendar um filme: "Pleasantville - A Vida em Preto e Branco", de Gary Ross. Está também na minha lista de favoritos, claro. E até já está algures aqui pela Voz um post sobre esta delícia. Acho que ias gostar dos contrastes entre preto e branco e cor que o director de fotografia (John Lindley) conseguiu.

Nic disse...

Obrigado.
:)

Hipatia disse...

De nada, NIC :)

Volta mais vezes e, se souberes de alguma coisa... ;-)

Hipatia disse...

Mais Vozes

Bolas, nunca vi. Não arranjas à gente? A sério.
Ricardo Garcia | Homepage | 11.15.05 - 12:40 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Gosto tanto deste filme. E de anjos.
Angela | Homepage | 11.15.05 - 12:42 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

E dos U2. Não podias ter encontrado combinação melhor. Mesmo. Obrigada.
Angela | Homepage | 11.15.05 - 12:42 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Arranjar como, Ricardo?

(experimenta o clube de vídeo; já é antigo, mas um clube de vídeo que não o tenha, não me tem a mim como cliente )
Hipatia | Homepage | 11.15.05 - 10:56 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Angela, acho que nos podemos dar muito bem
Hipatia | Homepage | 11.15.05 - 10:57 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

O meu clube não tem.

Ricardo Garcia | Homepage | 11.18.05 - 12:29 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Bolas, Ricardo Troca de clube de vídeo, miúdo. Com urgência

(já estás bom? beijinhosssss)
Hipatia | Homepage | 11.18.05 - 11:20 pm | #