2006-06-13

Porreiraça?


Não me lembro de alguma vez ter acartado caixotes ou sequer lavado a loiça. Mas também não vinha dai nenhum mal ao mundo...

("roubado" à Jacky)

12 comentários:

vanus disse...

Cof...Cof...eu por acaso lembro-me de tu te lembrares de umas prendinhas e isso :p

Hipatia disse...

Não vês que isso é porque sou uma porreiraça?

:)))

manu disse...

eu sou é um otário.
prendinhas, mudanças...
e a mim é ke nunca me vieram aki lavar a loiça.

Anónimo disse...

Esse ex porreiraço soa-me mas é a um corrente palhaço. Ou isso, ou não quis acreditar na sorte quando se viu livre da "antiga paixão", que suspeito ter sido coisa chôcha. Eu acartava mas era com os caixotes até à janela e lançava-os no passeio juntamente com os rebentos. Com sorte talvez também lhes amolgasse a frota automóvel, preparadinha lá em baixo. Esperemos que muito, muito, mas mesmo muito lá em baixo... :)))

Alien

PS. Quem é que foi o gajo que inventou a maçada da Word Verification? Dava para o meter também dentro de um dos caixotes a acartar?

espumante disse...

Só te lembras dos pratos pelo ar?
:)
Tenho saudades tuas, quando é que vens a Lisboa para me pagares um café? Por instantâneo que seja...
:)
Beijinhos
P.S. Apoio completamente o Alien anónimo aqui em cima de mim, salvo seja. Por que diabo se insiste neste pesadelo de word verification? Não dá menos trabalho fazer delete ao spam? Ainda por cima agora não tem havido spam nenhum...

Folha de Chá disse...

Você é um Ex Desligado:
Quando começa de fresco, começa mesmo do zero e esquece tudo o que está para trás.

:)

Nada melhor. :) :)
Para trás, já passou.

Hipatia disse...

(Raios! Pelos vistos, só eu é que não conseguia entrar na Voz...)

Não, Manu. Só ainda não arranjaste uma ex porreiraça. Mas podes começar tu por ser um porreiraço e lavar a loiça à cachopa ;-)

Hipatia disse...

Estás a chamar-me palhaça, loiro? Grunft! Olha que sou mesmo das que fica amiga dos ex. E porque não fazer de amantes amigos ou vice-versa? :P

Não estou mesmo a ver a necessidade dos caixotes a voarem pelas janelas, mas confesso-me capaz de atirar alguns pratos à mona dos tipos enquanto não viram ex. É que adoro fazer as pazes depois :)))

Hipatia disse...

Estou pobrezinha, Espumante. Podes vir tu ao Porto pagar-me o café a mim? :))

E não, não me lembro só dos pratos. Tenho boa memória :) Mas também me lembro dos pratos ;-)

Quanto ao "word verification", da última vez que meti a unha à configuração dos comentários, deixei de conseguir comentar. Por isso, fica. E eu fico quietinha, que é melhor. Além do mais, há sempre ali ao lado as outras vozes...

;-)

Hipatia disse...

Também me parece muito bem, Folha de Chá :)) Sem maus fígados à mesma, que é sempre a melhor forma de olhar em frente ;-)

Alien disse...

Necessidade, não há. Mas há quem tenha sangue na guelra e quem viva em água de ameixa. De qualquer forma, acartar não faz, realmente, parte do nosso léxico, pois não? ;)
Quanto ao resto, livra-te...

Hipatia disse...

Não senhor, que sangue na guelra não me falta. Talvez seja apenas uma questão de sorte nos homens que me tocaram: boa gente, boa onde, amigos, disponíveis. Nunca precisei de os odiar para saber que não os amava mais. Nem nunca me senti magoada, ou enxovalhada de alguma maneira. Acabou um tipo de relação e começou outra, necessariamente diferente, onde faz parte do programa conhecer e dar a conhecer os novos amores e os filhos e as casas e até o cão e o gato :)

E acartar não faz, de facto, parte do nosso léxico. Quanto ao resto, acreditas se te disser que tenho muito má pontaria?

:)))