2010-03-19

Pai

aqui


O dia em que nasci meu pai cantava
versos que inventam os pastores do monte
com palavras de lã fiada fina
cordeiro lírio neve tojo fonte

esta é uma velha história de família
para dizer como ele e eu chegámos
à raiz mais profunda do afecto
da qual nunca jamais nos separámos
(...)


Fernando Assis Pacheco

2 comentários:

Paulo Abreu e Lima disse...

Não dá para explicar: sangue do sangue e fiquemos por aqui.

Hipatia disse...

Fiquemos :)

(sortudo!)