2006-09-15

Grilhetas


aqui

Sinto que, muitas vezes, acabamos voyeurs da vida alheia, ao mesmo tempo que a nossa vida também é observada. Depois, há as empatias e as antipatias. É normal que aconteçam. Como é normal que, numa imensidão de blogues, acabemos por seleccionar uns poucos onde nos sentimos bem, que entendemos, onde nos sentimos bem recebidos. Mas não fazemos o mesmo na vida real? E não somos nós todos animais gregários dispostos a mostrar os dentes cada vez que vemos quem queremos bem ser atacado e ofendido? Porque seria diferente na net?

Posto isto - e admitindo que sou bem capaz de afiar as unhas e de sair à luta por aqueles de quem gosto - só tenho a dizer que a única coisa que me faz verdadeiramente espécie é a covardia. E cansa-me cada vez mais abrir blogues e ficar a pensar que os textos são estudados ao pormenor com o único fim de dispararem alfinetes a torto e a direito, ainda que na maior parte das vezes se limitem a balas vazias. Estragam tudo, porra! E, sim, também estou para aqui a mandar um alfinete, mas seriam tantos os nomeados que me falta a paciência para enumerar cada um. Aliás, falta-me a paciência para permanecer em várias páginas mais do que os segundos bastantes para recordar a mim mesma que fui outra vez (sim, Cap, tens razão) ao engano.

Tanta guerra já vista em tantos anos por aqui, uma coisa há muito que me parece clara: a mediocridade mede-se mais do que pela qualidade do escriba e talvez seja o escudo dos que não sabem ser mais...

(aos amigos: perdoem este regresso de férias tão silencioso)

17 comentários:

Lisa disse...

Clap, clap, clap. Bra-vo.
Há sítios que se tornaram verdadeiros barris de azedume, com meias palavras jogadas sabe-se lá a quem. A mim, cai-me mal e dá-me azia.
Um bom escriba pode ser verdadeiramente medíocre; a mediocridade não está nas palavras, mas no (mau) uso que se faz das mesmas.

TheOldMan disse...

Obrigado pela foto, Hipatia.

Finalmente fiquei a saber como funcionam os ovários...

LoL

;-)

vanus disse...

É assim mesmo, mas sabes?, eu cada vez mais me divirto com isso; acho que já cheguei ao fim da ponta e já estou no estado em que essa mediocridade se transforma em em puro gozo, afinal há tão poucas que nos fazem rir hoje em dia.
É uma questão de reciclagem ;)

Nesses blogs só entro mesmo quando estou mal disposta e tu devias fazer o mesmo :))

(não perdoo nickles, toca mas é a escrever)

claire disse...

Ando nisto a pouco tempo e de inicio perguntava-me como vou saber de quem gosto ou não;aquela coisa de... falta-me a epiderme o olhar o cheiro o som da voz.... afinal isto é mesmo a vida real.
E no meu mundo as coisas passam se mais a nível da leitura de imagem ,a das letras continuo a preferir com a cabeça na almofada. Tu fases parte das minhas excepções sou tua voyeuse e admiro a tua dedicação paciência rapidez eficácia .....a tuas garra

maria_arvore disse...

Mas os alfinetes estão "adonde" que não os vejo?... ;)))

É que para o peditório das brigas já dei e só estou onde estou pelo prazer de estar. E aí, estou contigo que a simpatia conta muito mais que a qualidade da escrita. :)

vague disse...

Sou mocinha pacata e pouca dada a desacatos (cof cof tossem as más línguas) e às vezees até distraída (disto não te deves ter apercebido) mas já comprei algumas guerras na net por não gostar de encarneirar na maioria seguidista por motivos que não sejam os do meu próprio critério, valores e amizades.

Ando ligeiram/ desatenta à blogosfera mas há pessoas q fazem incontornavelmente parte dela quer vá aos eus blogs todos os dias ou de quando em vez. (E a profusão dos blogs, Hip, é uma maravilha e um cansaço, dispersa e exaure e com daqui a nada teríamos aqui aqui um poema).


Apercebo-me now and then de algumas coisas fora do sítio, de algumas manchas no verniz, ou então de verniz belo, grandioso, que cconfirma a sua apregoada bondade e beleza mas quando precisa de ser mudado (e é-o sempre em tempo!) deixa ver, naquele breve tempo, a pouca saúde natural da unha.

E se há uma coisa que me desinteresssa profundamente nas coisas e nas pessoas é a capacidade de terem dois rostos a par da pretensão de manipularem os outros, sejam por algum dote que pensem ter, por ex, a escrita e pela observação de alguma característica e vulnerabilidade alheia.

Estou farta de guerras na net e já travei algumass. Mas travei-as com limpeza e isso não posso dizer dos meus 'adversários' Por isso ainda os incomodo e por isso ainda se lembram de mim :)

O Cap é um amigo querido, um colega sereno e um diplomata 5 estrelas e não ponho as mãos no fogo por quase ninguém mas o Cap tem para mim o rosto da confiança.
E eu dou o meu 100% por pessoas assim.

jp disse...

Há uns tempos, quando te conheci,andavas a escrever sobre estas quezilias dramáticoidiotas.
Querida, esta guerra fria, que nem em prato se serve,não serve para alimentar perus emproados. E já te disse um dia destes:
-Gaja,manda-os levar no cu,que talvez gostem.

BlueShell disse...

Não te conhecia!!!

Quero apenas deixar um beijo...da cor do Céu quando, enamorado, faz amor com o Mar...

BlueShell

Hipatia disse...

É demasiado fel a jorrar por todo o lado. E até a mim, que não tenho nada a ver com os assuntos, me causa demasiada azia, Lisa.

Hipatia disse...

LOL, Old Man. Pois fica sabendo que eu ali via um Sísifo ;-)

Hipatia disse...

O problema, miga, é o quanto de reciclado a que tudo isto me cheira. Mais do mesmo. Leituras enviesadas, recados, susceptibilidades, egos fraquinhos que se acham o centro de todos os ataques e depois atacam de volta porque, de tão medíocres e egocêntricos, nem se lhes afigura que o mundo não roda sempre à volta dos seus umbigos. E, como sempre, fico para aqui a achar que estes reisinhos de pacotilha vão sempre assustadoramente nus e que ninguém - ninguém mesmo - deveria ser obrigado a ver-lhes os fartos traseiros com os olhos dos ditos abertos que nem cloacas. Mas deve ser a partir de onde lêem e escrevem...

Hipatia disse...

Claire, nunca chego a perceber bem o que tanto achas piada a este boneco cada vez mais estafado que é a Hipátia. Mas há uns quantos leitores que gosto de ter por aqui. Tu estás entre eles :)

Hipatia disse...

Se cada um de nós fizer o esforço de recuar um ano nos arquivos, encontra demasiada gente desaparecida, demasiada gente amuada, demasiado blogue fechado... Depois, sobram uns quantos resistentes que se tentam aguentar, fartos de guerras e de tricas. Andasse eu pela net apenas nos dois anos deste blogue, talvez não estivesse tão farta. Mas ando há muitos mais anos e os alfinetes são exactamente iguais, as manias as mesmas, as susceptibilidades tim-tim-por-tim-tim. E já não há (quase) caixas de comentários onde dá gozo andar, não é, Maria Árvore?

Também já dei para o peditório das guerras. E, de certa forma, o ter dado para esse peditório, tem-me mantido relativamente a salvo, ou porque sou (ainda; ainda bem) demasiado anónima e anódina, ou talvez porque (apesar de tudo e tudo) tenho mantido as calças a tapar bem o rabo. Não posso dizer o mesmo de demasiada gente...

Hipatia disse...

De cada vez que escrevo um post destes, Vague (e já escrevi alguns) aparece-me por aqui o Cap a perguntar quando é que aprendo. Acho que nunca vou aprender! E, no que dizes, está grande parte do fundamento: pessoas que têm «dois rostos a par da pretensão de manipularem os outros, seja por algum dote que pensem ter, por ex, a escrita e pela observação de alguma característica e vulnerabilidade alheia.»

Mas quem disse que isto tinha de ser a lei da selva? Antes uma net de engates, onde apenas se tenta comer pelo prazer do sexo. Mas talvez também seja consequência de uma net de engates, desgastada pela realidade que provou tão feia tanta gente que apenas quis mostrar o que não sabe ser... E ainda há a inveja, claro...

Hipatia disse...

Recusei-me a enumerar os antros, Jaquelina Pandemónio, pela convicção de que se os mandassem apanhar no cu eles gostavam de certeza. Afinal, mais não fazem do que abanar o dito e pô-lo a jeito, armando-se em fodilhões quando, para quem vê deste lado, apenas parecem fodidos. Mal fodidos, mas fodidos ainda assim ;-)

Hipatia disse...

Blueshell, ia jurar que, lá para os arquivos mais arquivos deste espaço, já tínhamos trocado umas palavras. Afinal, está numa das minhas listas de blogues e só lá estão pessoas que já comentei ou me comentaram :)

Por isso, "rebem-vinda" à Voz.

Anónimo disse...

Mais Vozes

Já dei por mim a pensar se insistir em ler certos sítios é voyeurismo ou mesmo uma espécie de masoquismo, que um gajo só sai dali irritado.
E.A. | Homepage | 09.15.06 - 6:47 am | #

--------------------------------------------------------------------------------

btw, bela foto (?)
E.A. | Homepage | 09.15.06 - 6:48 am | #

--------------------------------------------------------------------------------

É masoquismo pela certa, E.A. E a necessidade de apesar de tudo, ir sabendo a merda que se escreve...



(também gostei muito da imagem )
Hipatia | Homepage | 09.17.06 - 12:15 pm | #