2006-09-06

Porque gosto...


Sam

Acho que não saberia muito bem qual dos filmes dele escolher como favorito... Há todos os do Tim Burton (eu adorei o Eduardo, amei o Ed Wood, babei com A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, delirei com a Noiva Cadáver e perdi-me na doçura de Charlie...). Há os filmes mais antigos, como o Cry Baby (ai aquela lágrima tatuada!...), What's Eating Gilbert Grape (o último filme onde gostei de ver o Leo di Caprio) ou o Arizona Dreaming. Há o D. Juan de Marco, em que parece que é ele que ensina ao mestre Brando como representar. Há o A Nona Porta (com cenas gravadas em Sintra), o From Hell, a maneira como rouba o filme ao Banderas no Era Uma Vez no México. O fabuloso Libertino e as piratices que já foram, mais a que ainda falta vir. Ou a versão perfeita de quem tanto nos fez sonhar com um Peter Pan que afinal cresceu, mesmo quando não queria crescer. Ou o delicioso Chocolate e o Donnie Brasco e o A Janela Secreta (acho que foi o único que não gostei) e um que se chama, salvo erro, Um Homem não Chora, em que ele faz de cigano e está lindo, lindo... E há - bem talvez seja este o favorito, afinal... - um filmezinho delicioso chamado Benny & Joon...

6 comentários:

Ricardo Garcia disse...

Uma verdadeira aficionada :)*

vanus disse...

Até aposto que é por causa dos pezinhos do chaplin ;)

TheOldMan disse...

Isso não vale, Vanus de Blog. Roubaste-me a deixa!

Agora vou ter que perguntar - "Hipatia, foi por causa do fiambre do Chaplin (ou dos scones)?...

;-)

Hipatia disse...

Sou pois :)))

:*

Hipatia disse...

E da cena do parque, à la Buster Keaton ;-)

Hipatia disse...

Dos scones, claro :D E das sandes passadas a ferro; e do poré de batata feito com a raquete de ténis e...

;-)