2006-09-23

A verdade inconveniente




Somos obrigados a ver tanta coisa que não gostamos, porque não forçarmo-nos a ver uma coisa que (ainda) nos permite (re)agir?

E porque não está este filme em mais salas de cinema? É assim tão inconveniente? Se tivesse tiros e cabeças de terroristas a rebentarem, ou jogadores de futebol a darem cabeçadas aos árbitros, já não estaria onde todos o vissem?

12 comentários:

amornaperdição disse...

A desgraça só acontce aos outros.
Neste caso os outros devem ser os marcianos ;)
Por enquanto o "povo" acha apenas que o "tempo" anda um bocadinho mudado ... mas isso é porque o Homem foi á Lua e estragou tudo ...

Cruzeiro disse...

Na vida as pessoas têm tendencia a pensar que as coisas más só acontecem aos outros...com o mundo acontece o mesmo, as pessoas ainda não tomaram consciencia das mudanças que se estão a gerar, e nem se preocupam com isso, têm por habito dizer que quando isso acontecer já não estarão cá para ver...esquecem-se que se isto fosse no tempo dos seus antepassados, eles próprios poderiam cá não estar hoje...

Hipatia disse...

Claro! Vamos deixar para depois. Não há cá mal nenhum, não é? É só mesmo o tempo que está um bocadinho mudado... E nunca é culpa nossa...

Bem vinda à Voz, Teresa.

Hipatia disse...

Sabes o que mais me irrita? Ver um filme destes apenas numa sala de cinema por entre uma infinidade de salas de cinema na cidade do Porto, que se repetem com os mesmos filmes do costume. E ter visto o filme numa sala onde estavam mais quatro ou cinco pessoas o que, normalmente, é sinal de que para a semana já nem lá está...

TheOldMan disse...

Já o estou a sacar, Hipatia.

;-)

Hipatia disse...

A minha opinião vale muito pouco, mas por uma vez quero fazer da Voz um púlpito e gritar o quanto é obrigatório ver.

maria_arvore disse...

A populariedade raras vezes é sinónimo de qualidade, veja-se que programas televisivos lideram as audiências e que jornais/revistas são mais vendidos neste país.

Agora fazes muito bem em fazer do teu blog o orgão de divulgação daquilo que gostas e a que atribuis qualidade. :)

Hipatia disse...

Tens razão, Maria Árvore. Mas, ainda assim, não é estranho estar só numa sala de cinema?

Eu acho...

E os blogues também têm de servir para isto, não é?

Cruzeiro disse...

Se fosse um filme que desse dinheiro às salas de cinema estaria em muitas mais de certeza...

Bart Simpson disse...

Tens razão: "os blogues também têm de servir para isto, não é?"

Hipatia disse...

Se fosse bem divulgado por quem tem tempo de antena neste País, Cruzeiro, ia encher as salas de certeza. A censura é feita de muitas formas; até pela forma como se dá primazia à merda em detrimento de assuntos sérios :((

Hipatia disse...

Há muitos anos atrás, quando quis fazer a minha tese sobre ambiente, chamaram-me de tudo, até de louca. Estes anos todos depois, parece que ainda só uns poucos não escolheram fechar os olhos à loucura que nos rodeia e ameaça, Bart :((