2008-05-22

Impotência


William Stoehr

De lado de dentro, tentáculos esventram e dilaceram. É um monstro. Aliado ao cansaço e à espera, agora é apenas medo. Um medo seco, sem sentido, silencioso.

6 comentários:

deep disse...

Que se passa, menina?

Beijoca :)

Hipatia disse...

Um pequeno ataque de auto-comiseração; isto passa…

maria_arvore disse...

O medo só nos consome e alimenta os que nos querem sufocar. Pega num espanador e à moda antiga sacode isso. ;)

Hipatia disse...

Vai ter de ser. Estou mesmo a precisar de uma espanadela :)

The F Word disse...

Eu nessas alturas prefiro gritar palavrões... arruina um bocado a reputação, mas alivia tanto...

Hipatia disse...

Reputação à conta de palavrões? Eu sou do Porto, carago! Espera-se que diga dessas coisas ;-)