2008-05-06

Menino-guerreiro

click to comment
© António Martins in "Pela Boca Morre o Peixe"


Hoje, cheguei a casa, sentei-me no sofá para tirar os sapatos e liguei no entretanto a televisão. Apareceu-me Pedro Santana Lopes em pose de estadista convicto a fazer mais um discurso tão interessante, mas tão interessante, que adormeci e só acordei agora. E lembrei-me que, há uns tempos atrás, fiquei muito feliz quando o vi cair do poleiro. E recordei também como toda a gente ficou tão aliviada por vê-lo pelas costas que até se apressou a votar no PS e deu ao gajo que agora lá está a cantar de galo a maioria absoluta.

Não consigo deixar de achar que só estamos como estamos, com um Governo supostamente de Esquerda a governar mais à Direita na maioria das coisas do que o próprio ti-Cavaco, que agora não manda nada, tirando as vezes em que só encrenca, porque houve aquele período infeliz em que o Durão deu de frosques e nos caiu uma mosca na sopa.

E, retirando da equação a hipótese de haver dentro do PSD quem queira dar cabo do PSD de vez, só Pedro Santana Lopes insiste em fazer de conta que não sabe que, tirando todos os que se riem dele (onde me incluo) cada vez que aparece em frente às câmaras, só existem aqueles que se assustam (onde me incluo também) com a hipótese de haver quem ainda lhe possa dar uma oportunidade para trepar ao poleiro, mesmo que nem precise ir a votos outra vez.

Três anos não chegam para alguém mudar; especialmente alguém que nunca mudou, nunca deu provas de querer mudar e, pior, parece estar mesmo convencido que está certo. C’um caraças! O "nunca me engano e raramente tenho dúvidas" frutificou realmente dentro da laranja. Infelizmente, nos seus piores aspectos e em completa cegueira egocêntrica.

6 comentários:

Emiele disse...

Excelente post, Hipatia!
Tomei a liberdade de o linkar para a minha secção do «Muito bem dito!», onde recolho os últimos posts lidos de que gostei especialmente.
Um partido que tem essa criatura e o AJJ bem precisa de ser renovado. E muito.

I. disse...

Tem piada, também sofro do mesmo sentimento esquizofrénico relativamente ao PSL (gargalhada seguida de arrepio de medo puro).
O homem é capaz de ser o narcisista mais célebre do país, ele acha mesmo que vai salvar-nos do caos e da ruína! Ou então pensa que encarna o Berlusconi tuga...
Aqui há tempos era só o desempregado mais célebre. Infelizmente há sempre um amigo pronto a dar-lhe um tachinho...
Alguém me interne o home, por favor!

Hipatia disse...

Obrigada, Emiele :))

Hipatia disse...

Lembras-te quando ele dizia que não ia andar por cá, mas nunca deixaria de andar por ai, ou algo assim? Pois! Está visto! E funciona tipo ave de mau agouro! Vade retro!...

maria_arvore disse...

Se ele não se candidatasse agora morria politicamente. E ele morreria de desgosto se perdesse a atenção dos media. ;)
Ele só está na política para servir o seu ego e receber mimos.

E nós podemos sempre encará-lo como humorista, sem nenhum sentido pejorativo para os que o são conscientemente. ;)

Hipatia disse...

Acho que pensou que podia ser o Berlusconi português, como disse a I ali acima. Apre! E, bolas, para palhaços laranja já nos bastam os insulares. Certo?