2008-09-12

MFL


(recebida por mail)


Depois do sortido variado e da escandaleira e dos abusos e dos egos e dos dislates diários, chega a ser um alívio o actual silêncio que vem dos lados do partido gémeo do partido que nos (des)governa.

Na verdade suspeito que, caso a actual presidente do PSD abrisse a boca, seria para dizer e defender algo muito semelhante ao que tem sido feito e dito pelo executivo Socialista, quer para o bem – que alguma coisa se tem aproveitado, sejamos justos –, quer para o mal, já que entre os dois partidos e as suas esferas de influência e tentáculos e jobs e interesses e negociatas pouco os distingue.

E uma coisa é certa: nestas circunstâncias, mais do que nunca, a estratégia do silêncio de ouro e da palavra de prata parece até ir dando frutos. Assim como assim, pode manter-se com estatuto de alternativa para, depois – e caso consiga por um qualquer lampejo que não descortino ganhar as eleições –, fazer mais do mesmo, senão pior, do que tem feito Sócrates.

Mas esta estratégia precisa ser rapidamente melhorada: e que tal se MFL se lembrasse de, abruptamente, meter uma rolha a quem a rodeia e aconselha?

2 comentários:

maria_arvore disse...

lol

Se é uma petição, assino já por baixo. :)

Hipatia disse...

Infelizmente, nestas coisas dos sufrágios parece que é só quando lhes dá jeito e porque não pode ser de outra forma. É que se bastasse só botar faladura...

;-)