2004-10-29

Desfolhada

"Corpo de linho
lábios de mosto
meu corpo lindo
meu fogo posto.
Eira de milho
luar de Agosto
quem faz um filho
fá-lo por gosto.
(..)"


José Carlos Ary dos Santos – Desfolhada


Hoje não me saiu da cabeça o dia inteiro. Um verso, pelo menos. O mais polémico: "quem faz um filho fá-lo por gosto".

Tesão puro, ou a admissão do direito ao prazer, ou a revolta à submissão, ou assumir o direito a gostar. Porque é preciso gostar. É bom, não é pecado, não pode ser pecado. E não engorda. E até faz bem à pele.

E às tantas a
Duende pôs-me a falar da Lilith e da revolta da primeira mulher contra o papel subalterno e a vontade de inverter papéis. A mulher que queria ficar por cima e um Adão dominador, castrador, insensível ao prazer de outro que não o seu. A Lilith apagada dos textos sagrados, porque não encaixou nunca na moral judaico-cristã obtusa e patriarcal.

E não há submissão quando se faz por gosto. E não há revoltas quando é por gosto. E não há vergonha, não ali. Não há pecado, nem mácula. Gozo e desejo e prazer. E a História deu muitas voltas e já nem é um grito de revolta querer fazer um filho por gosto.

(Questiono-me apenas sobre quantos gritos não são ainda silenciados nos segredos das alcovas...)

Vêm ai três dias de descanso, com uma hora de bónus. E não me sai da cabeça a "Desfolhada"...

Pois hoje até estou bem disposta e, portanto, bom proveito a todos quantos me vierem cá ler e resolverem pôr a desfolhada em prática, mesmo e até se a natalidade for apenas o pretexto... :)

5 comentários:

Mofo disse...

E quando se faz por gosto as coisas ficam melhor feitas...

Hipatia disse...

Também acho, Mofo. Também acho :)

(sempre ouvi dizer que quem corre por gosto não se cansa...)

;)

Beijinho

minerva disse...

Olha que me parece que essa interpretação do Ary é muito óbvia... Um filho é uma vocação. Aí está o «gosto». Um abraço.

Hipatia disse...

Desculpa não concordar, Minerva. Se me permites, um filho por gosto é, muitas vezes, o luxo que não se tem. Quantas e quantas mulheres, não só em Portugal mas pelo mundo fora, não têm filhos por todos os motivos excepto o gosto? Quantas neste nosso país dito civilizado aos 17 anos não recorrem às urgências dos hospitais depois de abortos de filhos que eram tudo menos vocações, sujeitando-se ainda a serem julgadas e presas por 3 anos? Quantas e quantas não têm filhos "por engano", "por burrice", "por desconhecimento", "por fé religiosa", o que lhe quiseres chamar, tudo menos por vocação ou gosto?

Não, não acho a frase do Ary simplista. Quando a Simone o cantou (e escapou por pouco ao lápis azul da censura) era um grito de revolta das mulheres portuguesas oprimidas pela moral do "Deus, Pátria e Família", que deviam chegar puras ao casamento e nunca, mas nunca mesmo, fazer filhos por gosto, porque gostar de sexo era pecado.

Hoje, continua a fazer sentido. Porque hoje se continuam a fazer filhos por tudo menos por gosto. Conheço até quem os faça para salvar casamentos condenados, para garantir pensões alimentares, para fazer chantagem emocional, o diabo a quatro. Filhos como armas, não como vocação.

Sim, deviam ser feitos filhos por gosto, como vocação. Mas não é isso que acontece muita vez. Como acontece ainda a muitas mulheres não fazerem sexo por gosto, mesmo que não seja para fazerem filhos. Porque há mulheres de todas as idades, com uma série de formações morais e religiosas; porque há mulheres que não sabem, nunca souberam, serem livres o suficiente na sua sexualidade para fazerem filhos por gosto e a partir daí construir uma vocação.

Perdoa o testamento e obrigada pela visita.

Anónimo disse...

On : 10/29/2004 2:19:43 PM Ruiva (www) said:


Só pra dizer que ainda ando por aqui...só mudei de casinha para o weblog mas não se pode dizer alto no outro cantinho ;)

Beijinhos

--------------------------------------------------------------------------------


On : 10/29/2004 2:42:31 PM duende (www) said:


E eu apanhei uma ruiva por entre a desfolhada.
________
Será que foi uma mulher, Hipatia? Duvido que soubessem escrever.

--------------------------------------------------------------------------------


On : 10/29/2004 6:15:52 PM sara(vert) (www) said:


Isso é que por estes lado é pior, fico sem palavras para desgarrar.


Bom fim-de-semana
Beijos

--------------------------------------------------------------------------------


On : 10/30/2004 9:50:44 AM Hipatia (www) said:


Já vi a luz, Ruiva Assim está bem melhor

--------------------------------------------------------------------------------


On : 10/30/2004 9:53:13 AM Hipatia (www) said:


Ai apanhaste uma ruiva? Então isso é contagioso? (como também sou, acho sempre bem que se apanhe uma ruivice)

E não, claro que não era coisa de mulher. Não há nenhuma - por mais loira - que se lembrasse de uma sandice tamanha

--------------------------------------------------------------------------------


On : 10/30/2004 9:54:37 AM Hipatia (www) said:


Oh Sara, psssttt...

... parece que também se pode fazer em silêncio