2004-10-12

Institucionalizados


Bolo Posted by Hello

Ele faz o noivo correto
Ela faz que quase desmaia
Vão viver sob o mesmo teto
Até que a casa caia
Até que a casa caia

Ele é o empregado discreto
Ela engoma o seu colarinho
Vão viver sob o mesmo teto
Até explodir o ninho
Até explodir o ninho

Ele faz o macho irrequieto
Ela faz crianças de monte
Vão viver sob o mesmo teto
Até secar a fonte
Até secar a fonte

Ele é o funcionário completo
Ela aprende a fazer suspiros
Vão viver sob o mesmo teto
Até trocarem tiros
Até trocarem tiros

Ele tem um caso secreto
Ela diz que não sai dos trilhos
Vão viver sob o mesmo teto
Até casarem os filhos
Até casarem os filhos

Ele fala de cianureto
Ela sonha com formicida
Vão viver sob o mesmo teto
Até que alguém decida
Até que alguém decida

Ele tem um velho projeto
Ela tem um monte de estrias
Vão viver sob o mesmo teto
Até o fim dos dias
Até o fim dos dias

Ele às vezes cede um afeto
Ela só se despe no escuro
Vão viver sob o mesmo teto
Até um breve futuro
Até um breve futuro

Ela esquenta a papa do neto
Ele quase que fez fortuna
Vão viver sob o mesmo teto
Até que a morte os una
Até que a morte os una

Chico Buarque - O Casamento dos Pequeno Burgueses, in Ópera do Malandro


Será que ainda dá para nos espantarmos por ser uma instituição em crise? E daí... ainda me espanta mais quem repete a dose. :)

5 comentários:

Mofo disse...

Nem todos podem ter a sorte de encontrar a sua cara metade...e por vezes é necessário errar umas quantas vezes,há uns que têm coragem e continuam a procurar e outros que decidem que estão fartos e não vão olhar para mais longe.

I don't want
no hearted second best
I just want
.........(não me lembro deste verso)

It's gotta be
pe-ee-eerfect!

Hipatia disse...

I don't want half hearted love affairs
I need someone who really cares.
Life is too short to play silly games
I've promised myself I won't do that again.

It's got to be perfect
It's got to be worth it
yeah.
Too many people take second best
But I won't take anything less
It's got to be
yeah
pertect.

Young hearts are foolish
they make such mistakes
They're much too eager to give their love away.
Well
I have been foolish too many times
Now I'm determined I'm gonna get it right.

It's got to be perfect...

Young hearts are foolish
they make such mistakes

It's got to be perfect...

It's got to be
yeah
worth it
it's got to be perfect.

Fairgroud Attraction

(Era isto, Mofo? eheheh Até fiquei a bater o pé.)

Não, não acho que tenha de ser perfeito e nada contra todas as cabeçadas necessárias até se entender que a perfeição não existe.

Estava era a pensar na quantidade de dinheiro e ilusões que, cada vez mais, o "negócio" do casamento envolve e como, depois disso, tantos se esquecem de que é necessário continuar o investimento emocional e afectivo. Ou como tantos pensam que é saltando de ilusão para ilusão - esquecendo que há mesmo necessidade de conviver também com as coisas más - que vão ser mais felizes.

A Instituição está em crise. Nada contra isso, que sempre fui mesmo um bocado anárquica nestas coisas. Mas também me parece que está em crise a ideia de investimento efectivo, ainda que pelo caminho tanta vez se pense no cianeto que se há de pôr na comida do parceiro e, ainda assim, se chega juntos à idade de fazer a comida para os netos...

A Instituição está em crise; a boda, enquanto negócio, está em expansão. Dá para pensar, não dá?

Mofo disse...

Era exactamente isso! Como vês as letras para mim são para ser transformadas hehehe
Em relação ao casamento propriamente dito, não me importo, desde que eu não seja convidado!

Tou a dizer isto mas tenho-me divertido nos últimos casamentos que fui, é um sitio e uma situação em que as piadas fluem com uma facilidade hehehe

Hipatia disse...

Lol

Eu também me divirto sempre imenso no casamento dos outros ;)

(A piada é que também já fui a mais do que um casamento de alguns amigos e ainda assim me diverti).

Mas há situações estranhíssimas. Um exemplo: aqui há uns tempos casou uma pessoa que conheço e, como todas, estava à espera das prendas da boda (vulgo, envelopes com dinheiro dentro) para ajudar a pagar a dita boda mais parte da lua-de-mel. O pior foi quando começou a abrir os envelopes e vários estavam vazios....

Anónimo disse...

On : 10/13/2004 10:26:18 AM corpo visivel (www) said:


Há que insistir sempre!!


--------------------------------------------------------------------------------


On : 10/13/2004 1:43:42 PM Hipatia (www) said:


Pois, Corpo Vísivel

É que parece que a esperança morre sempre de velha. Desde que não morra como a Sra. Dinsmoor, do "Grandes Esperanças", ainda dentro do vestido de noiva...