2006-07-14

Parabéns, (re)prima


aqui



Queen - Who Wants to Live Forever

Não gosto do Christopher Lambert. Aqueles olhos tortos e miopes causam-me calafrios. Mas gostei da história rocambolesca, apesar da quantidade de cabeças decepadas. E gostei, especialmente, da ideia de solidão a que Connor está condenado. A solidão de viver para sempre, vendo todos quantos poderia amar desaparecerem num dos breves minutos da sua vida imortal.

Mas, na verdade, acho que me perdi de amores pela Banda Sonora do filme. Sem ela, são só imagens, planos, sem sentimento. Com a música a tocar bem alto, o filme ganha brilho. A culpa é dos Queen, portanto :)

E ver a história de Connor e Heather a caminhar para o fim ao som de "Who Wants to Live Forever" é arrepiante para qualquer coração que ainda não perdeu o romantismo.

Quem quer viver para sempre?

E quem quer esperar o "para sempre"?

O "para sempre" é nosso hoje!


(Outro dia ameacei que republicava este post. É hoje o dia. Só para dar os parabéns ao (re)prima pelos seus três anos e ao Cap por continuar a andar por cá na nossa companhia)

6 comentários:

Eufigénio disse...

Cap forever?! ;)

Hipatia disse...

Claro! Como poderíamos nós passar sem ele?

:))

CAP disse...

Forever? Deus me livre! :)))

É verdade que já refiz mais de cem vezes a minha lista de links: ele é cabeças cortadas e novas vidas de cada vez. Mas não quero ver morrer tanto blogue à minha volta até ficar apenas um. ;)
Obrigado por tudo.

Hipatia disse...

Mas se tivessem de ir todos e sobrar apenas um, que fosse o teu, Cap: todos com quem tão bem partilhas este espaço iam sentir que, afinal, tinha valido a pena :)

Leo disse...

E o Sean Connery também por lá anda, sim sr.! Para sempre, como diria o outro, é capaz de ser tempo demais...

Hipatia disse...

Acho que depende sempre do estado em que se chega ao "para sempre", Leo :)

Bem vindo à Voz