2007-11-10

(...)



So
Sleep, sugar, let your dreams flood in
Like waves of sweet fire, you're safe within
Sleep, sweetie, let your floods come rushing in
And carry you over to a new morning


Ao fim de anos, sei que a insónia é cíclica, que se apresenta em períodos estranhos, de maneiras mais estranhas ainda, que se instala sem pedir licença nem aviso. E que o mais breve sono se tinge de tragédias ou estafas e que todo o dia que ainda nem sequer amanheceu será um dia em câmara lenta, com os sons abafados como se a cabeça andasse mergulhada numa tina de água morna. E afinal é só cansaço. E a insónia. E antecipação da noite que ainda nem chegou: desesperar sem saber se o sono me fará companhia, me levará com ele, profundo, sem sons e sem esgares assustadores ou sem o contar de cada batida do ponteiro do relógio a picar o ponto da dor de cabeça garantida.

7 comentários:

Noite disse...

Sei bem o que isso é e estou exactamente numa dessas fases (já demasiado prolongada, para mal da minha sanidade mental)!
Que fazer?

Hipatia disse...

E também há isso, não é, Noite? Da mesma forma que chega, nunca sabemos por quanto tempo nem quando vai partir. E quanto mais tempo se demora, mais endoidadas nos sentimos :(

Que fazer? Bem, eu ontem fui-me às pastilhas, coisa que é sempre último recurso, mas estava mesmo a precisar dormir sem pesadelos e sem medo de acordar.

maria_arvore disse...

Raras vezes sou cliente da Dona Insónia que vende "cada batida do ponteiro do relógio a picar o ponto da dor de cabeça garantida" (tinha de destacar esta frase fabulosa :)).
Comigo costuma funcionar a televisão em frente da cama- não importa em que canal-, com o ecrã a esticar-me braços de luz para embalar as pálpebras. Ou meter uma folga ao dia de trabalho. ;)

Hipatia disse...

O Canal de História costuma ser o suficiente por estes lados, Maria Árvore. Mas, ciclicamente, instala-se um período completamente imune à mais monocórdica das vozes :(

maria_arvore disse...

lol

Também considero o Canal História como um óptimo Xanax. :)) Apesar da História ser de mortos enchem aquilo com programas de histórias da carochinha e sem história viva. Até o Joaquim Furtado faz melhor. ;)

Hipatia disse...

eheheh

Mas, para dormir, nada melhor do que uma história da Carochinha ;-)

Anónimo disse...

Mais Vozes

passar os dias de trabalho perdido de sono com um cansaço indescritível , chega-se à cama na esperança de que iremos ter uma boa noite de sono e logo passados uns breves momentos começamos a sentir que o tão incomodativo sono que nos atormentara durante o dia decide não aparecer. Depois, voltas e mais voltas na cama ,depois vamos beber agua leite ou comer qualquer treta na esperança de que algo mude ,entretanto já olhamos para o relógio um milhão de vezes adivinhando sem hipótese de ero o pesadelo que será o próximo dia de trabalho
frogas | | 11.11.07 - 12:16 am | #

--------------------------------------------------------------------------------

acho que sou uma sortuda... raramente tenho alguma insónia...
e que tal começares a praticar algum desporto, ou fazer massagens regularmente... sei lá... costuma ajudar.
fábula | | Email | Homepage | 11.11.07 - 12:53 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Ah, também tratas a gaja por tu, Frogas? É isso mesmo
Hipatia | | Email | Homepage | 11.11.07 - 2:06 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Não resolve, não, Fábula. O tipo de insónia que me persegue há anos não se deixa enganar por um corpo cansado e massajado. Aliás, quanto mais cansado fica o corpo, parece que menos durmo. Está relacionada com "gatilhos" estranhos, ainda que há um óbvio a que lá vamos chamando de stress. Mas é mais do que isso. Nesta última semana, suponho que o acidente do autocarro tenha tido alguma influência: todos os pesadelos remetiam para acidentes e eu, que já perdi gente na estrada, fiquei madrugadas fora de olho aberto até com medo de dormir. Mas há outros episódios que nem são facilmente racionalizáveis, aparecem sem qualquer motivo aparente. E a resposta óbvia dos medicamentos foi sempre algo que tentei evitar. Mas chega a um ponto em que nem o corpo nem a mente aguentam mais uma noite em claro e lá tem de ser
Hipatia | | Email | Homepage | 11.11.07 - 2:15 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Também partilho dessa coisa do quanto mais cansado pior . Não digo mais nada porque não me atrevo a partilhar maluqueiras em espaços públicos
frogas | | 11.11.07 - 11:20 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

eheheh

... e eu nem fiquei curiosa nem nada
Hipatia | | Email | Homepage | 11.12.07 - 1:50 pm | #