2009-07-01

PDI


aqui

Tenho colesterol :(

17 comentários:

JoãoG disse...

Eu, trigliceridos! :(

(vai ao mail)

Hipatia disse...

Pois, disso não passei os limites. Mas acho que hoje vou ter um pesadelo com as minhas artérias entupidas :(((

(já fui)

deep disse...

Se te conforta um bocadinho, não és a única!

Emiele disse...

Quem é que não tem?
:)
Um regimezinho e uns comprimidos e vai ao sítio, eu sei.

Bartolomeu disse...

Eu... tenho os níveis de tesão alterados... dizem-me que pode ser efeito do calor!?
Eu... noto que o crescente se faz sentir especialmente pouco tempo depois de chegar à praia... penso que possa estar na causa deste distúrbio, alguma alergia... à areia quente... ao sussurrar das ondas... ao piar das gaivotas, ou ao odor da mariscada que impregna os ares e convida a um fim de tarde na esplanada do restaurante a derrimir a sede e a degustar uma dose de lamojinhas, ouvertes au naturel.... e assim...

I. disse...

Tázaver porque é que eu não faço análises há mais de dois anos? Há coisas que prefiro não saber.

(nã, este ano tenho que ir à agulha. fuck.)

_ba_ disse...

Também vê lá se não podes ser como nós todos e teres um colesterolzito?
Eu que tenho a "boa" da medicina de trabalho, todos os anos, também detectaram 200 de colesterol só que como nem abuso acho que herdei a tendência de "produzir" colesterol da minha Mãezinha :-)
Além disto também me disseram que como sou magra "potencio" a osteoporose portanto toca de começar a tomar comprimidos de cálcio + vitamina D... agora fui à ginecologista que me disse que não gostou nem do meu colo do útero nem das minhas mamocas portanto é "aguentar e não chorar" ...o que me chateia é a maldita da micro-biópsia que tenho que fazer e andar a ouvir falar em tanta mer@da ultimamente ...
_ba_

Hipatia disse...

Mas é que eu não costumava ter disso, Deep :(((

Hipatia disse...

Tenho normalmente uma alimentação até bastante cuidada, Emiele, à conta de um pequeno problema permanente de saúde. E as minhas análises sempre foram bastante equilibradas. Nunca tinha tido o colesterol fora das marcas. Desta vez, lá está o gajo, a fazer companhia ao 200. Raios! Não há mais regime a fazer (só se deixar de comer) e não me apetecia meter-me na pastilha :(

Hipatia disse...

Se fosses gaja, Bartolomeu, diria que esses calores podiam ter um motivo óbvio. Como não és, prefiro não comentar aprofundadamente, que só me estou a lembrar das possíveis consequências matutinas de uma bexiga cheia :D Mas na praia? Oh caraças!

Hipatia disse...

Eu tenho de as fazer, I. Não há como escapar. Aliás, em menos de um mês, fiz duas vezes: uma para a medicina do trabalho e, depois, por ordem do meu senhor doutor que dá licença. Aliás, até estava contentinha, que a medicina do trabalho costuma mandar-me uma cartinha para levar ao senhor doutor e, desta vez, não mandou nada. Talvez o meu patrão fique menos preocupado com o colesterol do que com a creatinina que essa, por uma vez, esteve muito bem comportada.

Hipatia disse...

Há um ano a esta parte, o meu ginecologista queria operar-me em quinze dias, Ba. Já não é o meu ginecologista. Há alturas em que não custa mesmo nada ir ouvir uma segunda e até uma terceira opinião. Às vezes acho que, em Portugal, os médicos são demasiado afoitos na vontade de operar. E às vezes o risco pode até ser maior. No meu caso, havia o risco de o bisturi ir ligeiramente ao lado e, em consequência, eu me ver antes dos quarenta a fazer terapia de compensação hormonal, à conta de uma coisa que está cá dentro, até nem incomoda nem tem malignidade e, se me aventurar a arranjar um Tomás, pode bem desaparecer. Eu, quando me metem sustos, passei a não me assustar à primeira: agora vou ali perguntar ao lado e, caso seja necessário, vou ainda a outro para desempatar. Quanto à osteoporose, corre lesta no sangue da família, atingindo homens e mulheres de igual maneira. E, sendo genética, há muito que todos a temos debaixo de olho, não tendo o peso corporal nada a ver com o assunto: a minha mãe é como tu (ou se calhar até mais magra) e tem os fémures transparentes nas radiografias. A coluna também está um caos. Quanto à minha avó, tem um lindo colete de barras de aço para sair à rua. Ah, o meu tio foi avisado que se batesse de carro, mesmo a 20 à hora, o mais certo era partir e nunca mais concertar. Giro, não é?

I. disse...

Ai a osteoporose. A minha mãe jurava que escapava, à conta de beber leite como uma criança. Enganou-se, raisparta as putas das hormonas e do adn.

E quanto a médicos que querem operar logo, a minha ainda tentou tratamentos antes de me levar à faca, mas foi pior a emenda que o soneto. Acabei por ser operada, mas devidamente informada de todos os riscos e indicações. Foi o melhor que fiz, mas cada caso é um caso. Tenho uma sorte do caraças com a minha ginecologista, que é bruta como as casas mas trata as pacientes como pessoas inteligentes e dá toda a informação possível.
Fico maluca com os médicos que nos tratam como atrasados mentais. É logo seguir para outro.

Bartolomeu disse...

Adoro a tua forma gentil de me mandares estar caladinho, para não perder a oportunidade de não dizer asneiras.
;)))

Hipatia disse...

Ainda outro dia comentava na Bastet da mania de mandarem todos à faca demasiado depressa. Ela tinha feito um post a propósito da rapidez com que lhe queriam tirar o apêndice, da mesma forma que, quando éramos miúdas, desataram a extirpar tudo quanto eram adenóides e amígdalas, alegando o mesmo: não fazem falta. Mas é que se estão lá, devem fazer falta para alguma coisa e a maneira como rapidamente as minhas constipações me dão cabo da voz e descem até aos brônquios, de certeza que é consequência da falta de adenóides e amígdalas. O apêndice ainda tenho, vá lá. E, depois, é ver por exemplo os excessos de cesarianas, havendo ou não necessidade delas. Será porque assim se paga também o bloco e o anestesista e o instrumentista e mais não sei o quê? Sim, há uma grande maioria de médicos que se pensa melhor que os demais e pensa que todos atentam às suas palavras como se ouvissem uma mensagem divina. Mas depois é nosso dever e nosso direito confirmar se é verdade e necessário. É que eu nunca acreditei na palavra revelada, tu sabes.

Hipatia disse...

E eu adoro sentido de humor, mesmo (e, às tantas, especialmente) quando em contramão do tema. Também é preciso aligeirar e não é todos os dias que me vejo a pensar qual será a forma mais suave para dizer "tesão do mijo" sem usar todas as letrinhas :D

Anónimo disse...

Mais Vozes

e agora? dieta? ginásio? aqueles iogurtes maravilhosos que fazem maravilhas pela nossa saúde?
fabulosa | Homepage | 07.02.09 - 9:45 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Provavelmente pastilhas, que a dieta já eu estou
Hipatia | Homepage | 07.02.09 - 11:05 pm | #