2006-10-09

Post dedicado...


aqui

... a Alberto João Jardim.


(à conta
disto)

8 comentários:

maria_arvore disse...

E muito bem dedicado para a culpa não morrer solteira.
A porcaria tem um rosto. ;)))

Hipatia disse...

Achei mesmo que só lhe faltava as fraldas do desfile de Carnaval ;-)

TheOldMan disse...

O que é curioso nesse mealheiro, Hipatia, é que as moedas não se introduzem por uma ranhura no dorso.

De qualquer modo continuo a preferir chamar-lhe "caruncho" (O bocho da madeira)

;-)

TheOldMan disse...

Era "o bicho". Mas "bocho" também não lhe fica mal.

Aliás, a um "dandy" como o AJJ tudo fica bem, desde que não seja a própria pele.

;-)

vague disse...

Sou psd, somo sabes, mas o alberto joão repugna-me cada vez mais.

aliás, o 'mas' não tem q ser um 'mas'. não é por ser de um det. partido q sinto q tenha q dar cobertura moral a um tipo q é uma aberração política e moral.

leal a mim, e qto não for assim ou qdo não conseguir ser assim, não estou muito bem...

Hipatia disse...

Sabes, Old Man, este Sócrates às vezes apanha-me de surpresa. Estou tão predisposta a não gostar do gajo e, ao ver a vida tantas vezes a andar para trás, sempre a perder poder de compra e regalias, queria poder detestá-lo profundamente. Mas, depois, vejo o tipo e um dos ministros que escolheu a terem uns pares de cojones maiores do que todos os que lá estiveram antes e... Será assim tão estranho que não pare de crescer junto da opinião pública o respeito pelo Governo? Afinal, serenamente, meteram na ordem o mais desrespeitoso de todos os políticos portugueses, atacando-lhe pelo lado do bolso, que pode ser que assim o tipo aprenda.

Hipatia disse...

(LOL, não tidnha lido o "bocho". Mas, cá para mim, "bocho" ou "bucho" vão-lhe de facto muito bem, além do "é o bicho é o bicho" do costume)

Hipatia disse...

Claro que não tem nada a ver com cor política. Ou não terá completamente, pelo menos. Talvez o facto de haver ali duas cores que se dizem antagónicas e estão cada vez mais parecidas, tenha um bocadinho a ver com a coisa... Mas é essencialmente a primeira medida concreta que vejo contra o caciquismo da Madeira. Algum dia havia de chegar, não é, Vague?