2005-01-21

Manguito




Crescido, Zé Povinho correspondeu perfeitamente às esperanças que n'elle depositaram os solicitos poderes do reino. Como desenvolvimento de cabeça elle está mais ou menos como se o tivessem desmamado hontem. De musculos, porém, de epiderme e de coiro, endureceu e calejou como se quer, e , cumprindo com brio a missão que lhe cabe, elle paga e súa satisfactoriamente. De resto, dorme, resa e dá os vivas que são precisos. Um dia virá talvez em que elle mude de figura e mude tambem de nome para, em vez de se chamar Zé Povinho, se chamar simplesmente Povo. Mas muitos impostos novos, novos emprestimos, novos tratados e novos discursos correrão na ampulheta constitucional do tempo antes que chegue esse dia tempestuoso.

Por tudo pois, ao resumirmos n'estes leves traços, a interessante historia de Zé Povinho, o nosso parabem cordeal a seus sabios e carinhosos paes ós Publicos Poderes.

João Ribaixo (Ramalho Ortigão)


Faz hoje aninhos o Zé Povinho. E está tão jovem! Está tão actual! Ainda é o povo a tentar fazer manguitos aos políticos e a ver que, como de costume, ainda é o povo a pagar todas as facturas. O Zé Povinho, o das calças rotas, da juba farta, do garrafão do tinto e da impertinência rebelde do manguito, a eterna vítima.

E ele é, ainda, cada um de nós...

___________
Texto do Ramalho Ortigão aqui e a imagem aqui.

10 comentários:

espumante disse...

Também rabisquei umas linhas sobre o Zé... mas num registo diferente :) E , sim, concordo quando diz que "ele" mora ainda em nós.
Gostei do seu blog. Parabéns.

Mofo disse...

Por vezes é o que apetece! Fazer uns manguitos!
Mas não podemos ceder às tentações do facilitismo, temos que ser racionais. Se estás indeciso, vota Narciso!

Hipatia disse...

Eu li os seus rabiscos, Espumante :) Aliás, devia ter lido antes para já nem sequer tentar dizer qualquer coisa. Brilhante texto o seu, deixa-me dizer-lho.

Obrigada pela visita e pelo elogio :)

Hipatia disse...

Lol, Mofo. Mas olha que eu faço uns manguitos bem racionais ;-)

Beijinhos, seu desparecido

Mofo disse...

Eu não percebi essa dos manguitos racionais, mas como me pareceu ordinário, gostei!

Se eu estivesse cá sempre depois não tinhas saudades :)

Hipatia disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Hipatia disse...

Essa de me quereres provocar saudades, Mofo.....

És mau!

Buuuuuuáááááááááááááá

Mofo disse...

Esse é o verdadeiro autoritarismo! censuraste a ti própria :)

Hipatia disse...

Só porque saiu em duplicado... Nestas coisas sou tãããooooo democrática ;-)

Anónimo disse...

Mais Vozes

On : 1/21/2005 1:32:08 PM cachucho (www) said:

Nunca o Zé-Povinho foi tão actual , para mal dos nossos pecados

beijocas


On : 1/21/2005 1:40:31 PM Hipatia (www) said:

Bem, acho que agora deve ter alterado um pouco a indumentária. Provavelmente já não sai à rua de chapéu nem de garrafão de tinto. A barba e o bigode também devem estar mais aparaditos e já comprou umas calças novas aos chineses... Mas, quanto ao resto, tudo igual, só que um século depois. Até ainda deve andar acompanhado pela Maria Paciência, porque há casais que não se divorciam

Bejocas


On : 1/21/2005 3:11:30 PM Maria Branco (www) said:

Infelizmenta continua o mesmo... Apenas com vestes de outros cortes..
Beijos,
Desejo de um fim de semana muito feliz...


On : 1/21/2005 3:29:23 PM Hipatia (www) said:

Pois, Maria. Está só um pouquinho mais polido: agora passa fome depois de ter tirado uma licenciatura

Beijinho e bom fim de semana


On : 1/21/2005 4:04:28 PM Caliope (www) said:

LOL
O "tuga" evoluiu muito desde essa época................
Já anda melhor vestido (o produto é o mesmo, mas a embalagem é mais atraente), troca de casa e de carro (mesmo que não tenha onde cair morto, há sempre o crédito) e hoje a maria povinho cansou-se de estar em casaa cuidar dos filhos e reclama o seu lugar na sociedade

é............
Alguma coisita mudou........
Para melhor.......... ?
Acreditemos que sim


On : 1/21/2005 4:40:44 PM ocidental-acidental (www) said:

O 'tuga' evoluiu muito??? onde, tá 'esse'? nem dei por nada. Há coisas enaganadoras.... por vezes um invólucro mais elaborado pode dar uma ideia distorcida da 'coisa'. O que evoluiu foi o país, porque o tuga... anda de BMW, lá isso anda, mas só a marca automóvel é que ficou a ganhar (se a factura foi toda paga até ao fim... e o banco não foi 'lá' a casa, para os lados de Cascais, ou num condomínio qualquer, no Norte ou no Sul, onde um tuga espertalhão, que assina com dois sobrenomes e usa sapatos com 'escovinhas' se acha melhor do que os outros...)
Cuidado, o tuga ainda não sabe ler (o suficiente) nem contar (engana-se muitas vezes, ao comprar mal o carro, o mais caro da Europa, um TDi que lhe fica sempre mais caro do que outra coisa qualquer normal que seria menos uns 15 a 20.000 Euros, nem compra jornais, etc, etc)
Os tugas são os mesmos, e nem sei se não pioraram. É, como diz a Hipatia acima, passa fome depois de se licenciar. Mas isso por que outros, como ele tiveram mais sorte e lhe tramaram a vida, pagando mal e, depois, mandando-o às couves.


On : 1/21/2005 5:43:21 PM Caliope (www) said:

ai....
Agora fiquei confusa..........
Sarcasmo ainda é uma palavra que está incluída na língua portuguesa, certo?



On : 1/21/2005 6:56:32 PM ocidental-acidental (www) said:

ehehe


On : 1/21/2005 7:15:55 PM Art Of Love (www) said:

O Zé Povinho é intemporal.
Bom fds.


On : 1/22/2005 12:26:57 PM Hipatia (www) said:

Se querem saber, Caliope e Ocidental, concordo com os dois. E, o que nos vale, é conseguirmos ainda rir com isto.

Os Tugas estão mais polidos, mas só ainda ninguém sabe se para melhor.

_______________

Sem dúvida, Art.

Bom fim de semana


On : 1/23/2005 11:40:47 AM draw (www) said:

Mais actual que nunca, sem dúvida Hipatia, dado o actual autismo dos nossos políticos, só mesmo o humor de Bordalo Pinheiro para voltar a resgatar os protugueses do marasmo da descrença. Descrença sim! Marasmo não!
De facto S. Bordalo acaba de ser nomeado o santo padroeiro da blogosfera . Dá uma vista de olhos ao Barnabé.


On : 1/23/2005 1:19:36 PM Hipatia (www) said:

Já lá fui, Draw E não resisti a deixar um comentário

Viva S. Bordalo, claro! E que ainda haja força nos bracinhos deste povo para fazer quantos manguitos sejam necessários para afastar o marasmo