2005-01-09

Tiro em mim


tiro Posted by Hello


Às vezes, sinto-me a perder-me numa espiral negligente, que me afasta do que sou, que me afasta do que fui, que me afasta do que quero ser.

Tenho andado um bocado perdida.

Tenho andado a pensar em fazer tiro ao alvo a mim.

Talvez acerte em alguma coisa…

3 comentários:

filipa disse...

será que é porque desconheces a espiral em que estás?

O receio do desconhecido leva-nos muitas vezes a querer que permaneçamos imutáveis...

deixa-te ir. O que vier, vem! ;)

bjs

Hipatia disse...

Ou tão só o temor de me afastar de mais do que idealizei para mim...

:)

Beijo grande

Anónimo disse...

Mais Vozes

On : 1/9/2005 2:40:15 PM duende (www) said:

Sugiro que metas a arma na boca. Ao que parece o tiro na cabeça nem sempre é infalível.


On : 1/9/2005 5:59:53 PM Hipatia (www) said:

Concluo que a tua experiência com armas de fogo falhou, portanto


On : 1/9/2005 7:50:42 PM Maria Branco (www) said:

Somos duas...
Caminho ao teu lado...
Um beijo grande!


On : 1/10/2005 3:25:23 AM Caliope (www) said:

Eheheh
A uma curta distância não há como falhar (ou há? )
Hummm..... Que tal pedires uma ajudinha a um tipo que anda para aí há alguns anitos (tadiito.. já deve ser bem velhito, mas mesmo assim tem ar de miúdo)..m O tal que se chama "Eros" (ou cupido) LOL .. Ele tem umas setas jeitosas para esses casos de "perdição"
Beijinhos



On : 1/10/2005 7:08:43 AM (www) said:

Ehhh. Então isso tá assim?? Tão mau? Porquê? Será...?


On : 1/10/2005 7:17:24 AM (www) said:

Ehhh. Então isso tá assim?? Tão mau? Porquê? Será...? Deixa lá isso das armas, certo, certinho...que mata mesmo é...a vida, sabes? Não há como fugir. E é uma missão... já que nascemos, para...morrer.


On : 1/10/2005 10:00:32 AM Diálogos Interativos (www) said:

Quando andamos perdidos é o melhor momento para nos tentar-mos descobrir. O caminho de regresso nunca o descobrimos, senão no fim e, o fim é um lugar incerto, como nós e, até lá a vida é uma caixinha de surpresas , de mistérios qual deles mais surpreendente que o outro, assim nós saibamos aprender , estar atentos e termos sempre a capacidade de nos maravilharmos ante o desconhecido. O tiro em nós é sempre necessário quando se trata apenas de uma metáfora no sentido em que nos queremos renovar, mudar de rumo e não somente desaparecer.
Um beijo grande


On : 1/10/2005 1:14:38 PM Hipatia (www) said:

Morro de medo de me afastar de mais do que sonhei, Maria. Só isso. Se fizer pontaria, talvez ainda me encontre...

Beijo grande.


On : 1/10/2005 1:16:17 PM Hipatia (www) said:

Obrigadinha, Caliope

Não passa pelo amor aquilo de que estava a tentar falar. Antes por um reconhecimento do quanto que me tenho perdido pelos caminhos da vida. No amor também, claro. Mas não especialmente no amor

beijinhos


On : 1/10/2005 1:19:00 PM Hipatia (www) said:

Mas agora o acidente virou recorrente e tenho comentários anónimos?

As armas eram só um simbolismo. Nada de muito grave nem particularmente conseguido. Mas, uma coisa é verdadeira: a nossa única certeza é que morremos. Eu só espero chegar lá e, ao olhar para trás, não me arrepender de demasiadas coisas.

Beijo


On : 1/10/2005 1:23:14 PM Hipatia (www) said:

"Life is like a box of chocolats"... Nunca sabemos qual é o recheio até o provarmos. Era qualquer coisa assim, que dizia o Forrest Gump, não era? E faz sentido. Especialmente porque, se afastarmos todas as surpresas do caminho da vida, então apenas teremos a monotonia como miragem. Espero conseguir, por muitos anos ainda, encontrar em mim essa capacidade para me maravilhar com o desconhecido e o inesperado. Essa era, talvez, uma das pontarias que faria...

Beijinhos


On : 1/10/2005 2:37:27 PM(www) said:

dois dos anónimos são meus.... mas acho que os tinha identificado...se calhar não. reproduzindo-os, again:

Ehhh. Então isso tá assim?? Tão mau? Porquê? Será...? Deixa lá isso das armas, certo, certinho...que mata mesmo é...a vida, sabes? Não há como fugir. E é uma missão... já que nascemos, para...morrer.

bjs


On : 1/10/2005 2:38:15 PM acidental-ocidental (www) said:

Outra vez anónimo?? Porr...


dois dos anónimos são meus.... mas acho que os tinha identificado...se calhar não. reproduzindo-os, again:

Ehhh. Então isso tá assim?? Tão mau? Porquê? Será...? Deixa lá isso das armas, certo, certinho...que mata mesmo é...a vida, sabes? Não há como fugir. E é uma missão... já que nascemos, para...morrer.

bjs


On : 1/10/2005 3:06:17 PM Hipatia (www) said:

lol

Já estás identificado; mais do que identificado... é tudo uma questão de horticultura, afinal


On : 1/10/2005 3:36:34 PM ocidental-acidental (www) said:

são necessários os óculos de sol, para... ir à horta?


On : 1/10/2005 3:59:37 PM Hipatia (www) said:

Depende da quantidade de luz: se for muita, vou de óculos; se for pouca, vou às apalpadelas...


On : 1/10/2005 4:12:55 PM ocidental-acidental (www) said:

deve ser pouca.... ehehe, as folhas das hortícolas fazem sombra. Mais ainda do que os morangos de escada... Mas vais?


On : 1/10/2005 4:18:05 PM Hipatia (www) said:

Se vou? Depende da estação do ano... Não adianta ir à horta com a geada


On : 1/10/2005 4:37:16 PM ocidental-acidental (www) said:

a horta necessita de cuidados todo o ano...infelizmente, ou esmorece


On : 1/10/2005 4:44:00 PM Hipatia (www) said:

pronto! começo a pensar nas vantagens de ir para a horta de termotebe...

... e óculos de sol, claro


On : 1/10/2005 4:46:35 PM ocidental-acidental (www) said:

tal como se vai para o hotel do gelo, na lapónia...mas com objectivo distinto... mas para a horta, como para o hot. do gelo, é necessário revservar, com alguma antecedência... não vão os 'frutos' hortícolas terem já sido colhidos


On : 1/10/2005 5:09:58 PM Hipatia (www) said:

Pois, mas o hotel no gelo também é sazonal. Não adianta reservar no verão, já derreteu. É o mal dos frutos. Não duram muito. Mas isso acontece até na melhor horta


On : 1/10/2005 5:16:04 PM ocidental-acidental (www) said:

o hotel sim, derrete no Verão... mas os frutos? os frutos? sabes quantos anos êm alguns deles? p ex... tomates, que vieram da América Central há... cinco séculos... vão-se renovando, como as pessoas, não é? Esse tipo de 'produto' quer-se é fersco... no sítio,perdão ocasião certa. Estou errado?


On : 1/10/2005 5:22:59 PM Hipatia (www) said:

Aibailhamedeus! Se me falas em tomates com 5 séculos desisto já de comer fruta, legumes e quaisquer outros produtos horticulas. Issa!



On : 1/10/2005 5:33:46 PM ocidental-acidental (www) said:

ehhehe, já calculava...mas são tomates com história, senhôra mia! Mas. como disse, os produtos renovam-se... desde esses idos anos quinhentistas... nem a genética deles á ja a mesma- se é melhro, agora será difícil...pois os tomates de há 500 anos já pereceram...como qqq. produtos, perecível, passo o pleonasmo. Agora, o que não recomendo mesmo é qq. tipo de abstinência com a fruta ou hortícolas. Dizem que até protege de coisas más... imagina! Feijão é também um produto com origem nessas civilizações pré- colombianas, com os mesmos 500 anitos de genética... mas há-os frescos. do dia, como calculas


On : 1/10/2005 5:46:07 PM Hipatia (www) said:

Ora batatas

Abstinência não. Isso nunca. Colombianos, muito menos. Assustam-me dependências a plantas estranhas. Se depois ainda vemos Dollys, pior ainda. Quedo-me pela receita nacional


On : 1/10/2005 5:49:01 PM ocidental-acidental (www) said:

Estamos de acordo, quanto ao produto nacional... é preciso é iniciar a dieta... hehe

E ter apetite, porque o produto é bom, o nacional... e está ...lá


On : 1/10/2005 5:58:22 PM Hipatia (www) said:

Bons sonhos

Sonhos frescos, aliás. Nada com 500 anos, que é melhor


On : 1/10/2005 6:05:41 PM ocidental-acidental (www) said:

Ora bem...frescos.... e sem óculos, mesmo a dormir tem de se ver bem...os sonhos, ao menos


On : 1/10/2005 6:09:20 PM ocidental-acidental (www) said:

sonhos...enauqnto nãp for altura da horta, claro, a de produtos frescos


On : 1/12/2005 9:26:41 AM (www) said:

grande tomatada que vai lá pelo meu blogue... acho bem, acho bem...., mas não era esta a ideia que eu fazia de ir à horta, levando com os tomates na cara, ou noutro lado.

Era sómpara nos rirmos um pouco mais, amiga-hortícola


On : 1/12/2005 12:11:09 PM Hipatia (www) said:

Ontem estava mal humorada. Mas gosto pouco que me tomem por um nabo, ou uma nabiça qualquer, a debitar as asneiras que, hoje em dia, se encontram a montes pelos jornais

Gostei muito mais do segundo comentário. Além disso, já acertou com o nick


On : 1/12/2005 2:02:00 PM ocidental-acidental (www) said:

Nisso dos jornais e jornlistas...e 'clichés': 100 % de acordo. E assim safo-me (= já não levo com tomates)


On : 1/12/2005 2:06:42 PM Hipatia (www) said:

safo então

(às vezes também sou boa pessoa)


On : 1/12/2005 2:09:15 PM ocidental-acidental (www) said:

e quando não és (nas 'outras vezes', presumo). e que fazes, nas 'às vezes' e nas 'as outras vezes'?


On : 1/12/2005 2:33:45 PM Hipatia (www) said:

emtão não se estava a falar em arrebolar coisas?




On : 1/12/2005 3:12:36 PM ocidental-acidental (www) said:

xuro que não entendi. arrebolar, o quê? tomates?


On : 1/12/2005 3:17:19 PM Hipatia (www) said:

"assim safo-me (= já não levo com tomates)"

e vai daí, eu disse que tavas safo, que às vezes também sou boa pessoa;

e vai daí, tu perguntaste o que fazia quando não era boa pessoa;

e vai daí, eu digo que arrebolo coisas.

ora!




On : 1/12/2005 3:29:10 PM ocidental-acidental (www) said:

ahhh tens de me dizer um dia como fazes, e que 'coisas'....mas isso não é aqui


On : 1/12/2005 3:41:42 PM Hipatia (www) said:

pois


On : 1/12/2005 3:53:18 PM ocidental-acidental (www) said:

pois