2006-01-06

Sexo explícito


Gaivina

O frémito, o quente, o arrepio.
O espasmo macerado, a eclusa.
O tremor, o temor, a consciência.
O grito.

O sal enfim. E o degelo...




Gaivina


Uma das coisas que mais gosto no sexo é o tanto que ele tem de implícito, na forma como os jogos, os olhares, os sorrisos, se medeiam e medem, como o não dito povoa os silêncios de tensão e tesão.

Gosto do jogo da sedução, da mesma forma que gosto do sexo brincalhão, profundamente lúdico e prazeroso, fazendo qualquer corpo belo nos seus tiques próprios, nas cores e nos cheiros do gozo pleno.

No sexo somos - ou deveríamos ser - profundamente livres. Talvez tão absurdamente livres que, depois, não saibamos transportar essa liberdade para o resto da vida. E porque nunca soubemos lá muito bem o que fazer com a liberdade e sempre a tivéssemos tentado enclausurar num qualquer espartilho doutrinário ou dogmático, vestimos o sexo de nojo e o prazer de tabu.

Existe sexo explícito? Claro que existe. Existe qualquer imagem de sexo demasiado explícita? Não me parece. O sexo é natural, enquanto a busca de prazer for partilhada e feita por adultos consentâneos. Nenhuma das imagens do sexo assim vivido pode ser demasiado explícita, porque não haverá nela nada contranatura.

Somos seres sexuados, hedonistas. Queremos dar e receber prazer. Saciarmo-nos sem limites. Não é feio, não é pecado. Se for forte, então é porque é intenso e também há dias para sexo assim. Como os há para a meiguice dengosa e frágil. E há um mundo de tentativas a explorar, partilhas implícitas de gozos bem explícitos.

Não há desenho que aponha vergonha ao sexo per si; a vergonha está nos olhos de quem olha e apenas sabe ler o pudor em que os dogmas nos tentaram aprisionar.

Por isso, Gaivina, não acho nenhum dos teus desenhos demasiado forte para ter lugar neste blogue. Nem sequer ousados e muito menos despudorados. São vida. Fazem parte da nossa vida. E pecado seria não a viver no que tem de melhor para nos oferecer.



Gaivina



Adenda: Troquei a ordem dos posts de hoje, porque a "oferta" que o Gaivina faz a todos nós merece!

4 comentários:

Hipatia disse...

On : 1/6/2006 4:30:47 PM sofia (www) said:

O Gaivina desenha muito bem
"a vergonha está nos olhos de quem olha e apenas sabe ler o pudor em que os dogmas nos tentaram aprisionar"
Uma grande verdade
Beijocas


On : 1/6/2006 4:41:36 PM Hipatia (www) said:

Estava a ver que ninguém comentava este

Eu adorei esta proposta "gaivinence". Não propus nenhum desafio. Mas até está a apetecer-me...


On : 1/6/2006 4:43:59 PM Caracolinha (www) said:

Olá minha querida ... muitos parabéns pelo inteligente exto e pelas imagens ... só se pode falar dar seriedade a qualquer temática quando a abordamos sem tabus. É assim mesmo

Beijinho encaracolado


On : 1/6/2006 4:52:56 PM Hipatia (www) said:

Obrigada, Caracolinha

Quanto ao texto, não sei se estará muito inteligente. Foi o que saiu, depois de ver o Gaivina perguntar se as imagens não seriam demasiado fortes

Beijinho


On : 1/6/2006 5:05:16 PM maria arvore (www) said:

Eu fiquei um pouco sem que dizer : tu já disseste tudo.

Aliás, porque para mim é difícil um conceito como sexo explícito. Porque se eu como e existem pastelarias, restaurantes e mercearias, é para mim a mesma coisa, ter sexo e deparar-me com imagens do acto. O que me espantaria era se explicitamente não existissem.

Quanto aos desenhos do Gaivina, prefiro o primeiro porque traduz muita envolvência. A meus olhos , é mais erótico. E se me é permitido, até me parecem soft q.b..


On : 1/6/2006 5:28:32 PM PN (www) said:

A Gaivina está de parabéns, os desenhos estão muito bons. Quanto ao facto teres trocado a ordem dos posts quererá isso dizer que a Gaivina prefere ficar por cima?

O texto até está jeitozinho, embora evidencie pouca fogosidade nas tuas cambalhotas.

Beijinho


On : 1/6/2006 5:32:52 PM Gaivina (www) said:

Não resisto a contar uma curta historia...
Uma vez em Cabo Verde (1979), surpreendi umas mulheres semi nuas a tomar banho numa queda de água em Ribeira Barca.
Não sabia que aquele era o local convencionado para as mulheres, respeitado por todos os homens. Aliás , os homens tinham outro local da ribeira para estarem...
Quando me viram, riram-se e taparam os olhos, deixando o resto do corpo a descoberto. A vergonha está, de facto, no olhar.

estas linhas são para a Sofia.


On : 1/6/2006 5:41:20 PM Gaivina (www) said:

Nem todas as mulheres que eu amei me deixaram desenhar o seu corpo.
Lembro-me de ter desenhado a minha ex-mulher grávida, com a sua bela barriga. Como ela era sensual, grávida....
Tenho muitos desenhos...uns feitos, outros imaginados.
-É uma outra escrita do desejo que nos define.
Sei, claramente, a posição do corpo, naquele momento em que o prazer foi maior.
Sei, claramente, aquele momento do teu corpo que me fez desejar-te.
Sei, claramente, o desenho do teu corpo, atormentando-me, alojado lá no passado.

.........


On : 1/6/2006 5:52:18 PM Gaivina (www) said:

Hip,

Porque não lançar um desafio com estes desenhos....embora "softs" como a Maria diz....
se querem mais fortes....eu faço...
Que não falte nada nesta casa...


On : 1/6/2006 6:00:58 PM Hipatia (www) said:

Também achei, Maria Árvore E por isso o coloquei no topo do post. Só não chego a perceber porque olha ela para o lado, mas talvez o Gaivina possa explicar


On : 1/6/2006 6:03:28 PM Hipatia (www) said:

Quem trocou a ordem dos posts fui eu, PN. Estás a tentar sugerir mais alguma coisa? É que se achas que vou condenar a Voz à posição do missionário, numas quantas cambalhotas pouco fogosas, às tantas está na hora de eu te ensinar qualquer coisinha... Continuas com voz bonita, oh tenrinho?


On : 1/6/2006 6:05:47 PM Hipatia (www) said:

Adorei a história de Cabo Verde, mesmo não sendo para mim

Eu, infelizmente, não sei desenhar. Se soubesse, desenharia desejo. E talvez ternura. E estrelas. E sorrisos. E gargalhadas. Só não desenharia tristeza: fica melhor em palavras

E estás em tua casa: propõe lá o desafio, ora!


On : 1/6/2006 6:23:58 PM patologista (www) said:

Disseste tudo! Portanto, fico calado.


On : 1/6/2006 6:31:48 PM Hipatia (www) said:

E da arte? Gostaste?


On : 1/6/2006 6:48:42 PM maria arvore (www) said:

Hipatia,
avanço 2 hipóteses: ou ela olha para o lado porque até naquela posição procura a cumplicidade do olhar ou... está a ver a porta a abrir ...

E jurando que não fumei nada, a não ser cigarros, o adjectivo "tenrinho" que aplicáste ao PN é mesmo um fato à medida.


On : 1/6/2006 7:21:52 PM Hipatia (www) said:

E que grandes hipóteses, Maria Árvore! Até davam um filme

Eu também não fumei nada, tirando os tais cigarros, mas desde o encontro das mantas, em Beja, que acho o menino da voz bonita bem tenrinho... em quase todos os feitios do fato, menos no óbvio, que nunca "botei lá" a dentadura


On : 1/6/2006 7:30:26 PM patologista (www) said:

Confesso que gosto mais daquelas ilustrações japonesas.
Neste estilo gosto de alguns dos desenhos do Klimt. São igualmente verdadeiros (ou seja, explicitos).
Confesso que tenho vontade de rir quando vejo um filme em que se mostra uma cena de sexo em que os amantes se rebolam de todas as formas possiveis, em todas as posições, mas há sempre um pedaço de lençol a tapar o rabo ou a pila.
E embora goste mais do lado femenino, nunca percebi qual era a pornografia que tinha um pénis erecto. O meu, quando crescido parece-me muito bonito, atraente, saudável e nada pornográfico.


On : 1/6/2006 10:36:26 PM frogas (www) said:

antes de sair de casa vi os bonecos e li o teu texto. Como penso exactamente do mesmo modo que tu nem sequer tive vontade de te provocar, para o fazer tinha que ter trabalho coisa que no momento não me estava a apetecer.
-sai de casa, fui beber café, e comecei a ouvir o relato de um acontecimento passado a semana passada junto ás piscinas da minha santa tenrinha.
Segundo o tipo que relatava a historia a coisa passou-se do seguinte modo: dois putos irmão e irmã com idades entre os 3 os 4 anos despirem-se deitaram-se no chão e começaram a imitar aquilo que muito provavelmente vêm em casa ou noutro qualquer local qualquer .Segundo o contador da historia a cena foi vista por mais do que uma pessoa, e segundo ele, foi-lhe confidenciado que ninguém se sentiu em condições para reagir, ninguém sabia o que fazer
Para estar a escrever esta comentário a esta hora é porque já bebi uns canecos mas uma coisa é estar bêbado outra coisa é estar maluco e na minha opinião estamos num mundo de gente maluca o problema maior é que não sei o que poderia ter feito se lá tivesse estado não sei se chamava a GNR ou sei lá …



On : 1/7/2006 1:21:35 PM moStrenGo (www) said:

Só agora li. Mas mais vale tarde que mal acompanhado!
Faço tuas as minhas palavras e adorei os desenhos. E a retratada é, por mero ocaso, a minha posição preferida.

Bem hajas.


On : 1/7/2006 2:48:00 PM Fausta Paixão (www) said:

Hipata zinha, os chat(os) mudaram-se para o meu blog. Tenho lá pirataria e ladies. Percebes de matemática? Ajuda-me.
Ah. cheguei aqui e até fiquei com os olhitos a catrapiscarem. Acho que tenho de voltar cá para me inspirar...


On : 1/7/2006 2:56:21 PM Cota Marada (www) said:

Deve ser ingenuidade minha porque nunca percebi a conotação negativa que se dá ao sexo explícito. Gosto, como tu, da sedução, do jogo, dos olhares, da música, do cheiro e da envolvência dos corpos. Porque o sexo explícito está intimamente relacionado da pornografia (será por isso???) e porque uma das coisas que mais gosto no sexo é ver o prazer (real) estampado nos rostos e corpos (o que não acontece na pornografia) só faz com que não goste de pornografia mas não necessariamente do sexo explícito. (Que grande mistalgada estou a fazer aqui... desculpa-me)


On : 1/7/2006 4:03:01 PM Hipatia (www) said:

LOL Patologista. Eu tenho uma "colecção" de cenas de diferentes filmes em que até a cueca se vê

E adorei a forma como falas do teu membro Pornográfico, afinal, não será querer ver pornografia nestas coisas?



On : 1/7/2006 4:05:59 PM Hipatia (www) said:

E haveria alguma coisa para fazer, Frogas? Eu acho que se poderia falar com os fedelhos. Mas depois de ver como os paizinhos se abespenharam com a questão da educação sexual nas escolas, pensaria duas vezes. Afinal, o bom povinho - que até acha que isto é da responsabilidade "só" dos pais - prefere sempre olhar para o lado.

Mas não condeno, de forma alguma, a curiosidade infantil. A curiosidade também nasce com o ser humano (aliás, é a nossa mais valia), tal como a sexualidade.



On : 1/7/2006 4:08:20 PM Hipatia (www) said:

Ai Adamastor, não me puxes pelas teclas...

E, sim, mais vale sempre tarde do que mal acompanhado, até para começar a experimentar a variedade


On : 1/7/2006 4:09:55 PM Hipatia (www) said:

Fausta, querida, hoje não vai poder ser. Hoje tenho um "calendário de eventos" muito ocupado

Podes sempre escolher um desenho e escrever uma história...


On : 1/7/2006 4:11:56 PM Hipatia (www) said:

Percebi-te, acho Num caso, temos uma representação falsa - e a notar-se que é falsa - do prazer. Como se fosse uma anedota do prazer. No outro, temos o prazer real. E isso nunca pode ser pornográfico, por mais explíticito que seja, não é?


On : 1/7/2006 4:48:28 PM Cota Marada (www) said:

;-)


On : 1/7/2006 10:14:33 PM Hipatia (www) said:

Estavas a piscar o olho aos meus erros ortográficos, Cota? É que só reparei agora (a esta hora?... como é possível?) no "abespenharam" e no "explíticito"


On : 1/8/2006 11:35:57 AM Toze (www) said:

Hipátia, desafio no Revelações ;)


On : 1/8/2006 2:04:00 PM velvetsatine (www) said:

Os desenhos do Gaivina fazem-me lembrar os quadros de Schiele. :-)


On : 1/8/2006 2:04:48 PM Gaivina (www) said:

Um desafio?...vou lá ver...


On : 1/8/2006 2:06:12 PM Gaivina (www) said:

Ó Velvet ...que grande elogio!


On : 1/8/2006 2:10:25 PM Gaivina (www) said:

Não sei como poderemos fazer, sou um pouco tosco nestas coisas. Mas, talvez, o tema "Sexo explícito" e o que tudo envolve, poderia dar um bom desafio.
Também o desenho como "outro" registo dos desejos, poderá lançar sementes para diversas prosas.
Entretanto continuo a desenhar....
Beijos para os BlogEros


On : 1/8/2006 5:32:40 PM Hipatia (www) said:

Tozé, já fui lá ver. Agora falta saber o que sai... e se sai


On : 1/8/2006 5:34:11 PM Hipatia (www) said:

Sabes que não ando na altura mais folgada para estas coisas, não é, Gaivina? A ver o que dá... sem poder prometer nada


On : 1/8/2006 5:35:11 PM Hipatia (www) said:

Sabes que também acho, Velvet?


On : 1/8/2006 5:53:25 PM Gaivina (www) said:

sem stress....deixa andar Hip....logo de vê...


On : 1/8/2006 5:55:18 PM Hipatia (www) said:

O "sem stress" vai ser mais complicado. Mas, sim, logo se vê


On : 1/9/2006 4:27:50 AM vague (www) said:

O teu blog está cada X mais anódino, Hip!

(A Gaivina é 'o' Gaivina? Acho q já lhe troquei o sexo algumas vezes. Sorry. O aparentem/ óbvio 'a' traiu-me )

Hip, em grande forma nos desafios, hum?


On : 1/9/2006 6:18:50 AM Cruzeiro do tejo (www) said:

Está tudo dito !
Resta-me assinar por baixo de tudo o que escreveste!
O resto são falsos pudores, de quem ainda vê o sexo como simbolo de procriação...


On : 1/9/2006 7:59:49 AM Hipatia (www) said:

Que distraída, Vague Maria Claro que é "o" Gaivina.

Tenho feito, desde o início, por ter um blogue anódino e anónimo, tu sabes. De acordo com a minha personalidade, claro

Vais responder a este?


On : 1/9/2006 8:01:10 AM Hipatia (www) said:

Falsos pudores, sim. Pior ainda quando só existem para "inglês ver", que também há muitos assim, não é Cruzeiro?


On : 1/9/2006 11:54:02 AM PN (www) said:

Mas que pouca vergonha vem a ser esta, hum? Tenrinho?! Eu?!
Esta velha carcaça é bem dura de roer..quer dizer...roer, roer também não (sempre me consigo lembrar de coisas melhores para fazer com ela). Mas isso agora não vem ao caso.
O que importa realçar é que este blogue sempre se pautou pela lucidez e seriedade, não vale a pena deitar tudo a perder desta forma despicienda.
Desde já agradeço a vossa atenção.
Ass: PN, o tenrinho.

(um beijo para as duas doidas) (sim, sim, Maria Árvore, não penses que esta admoestação não se aplica a ti)


On : 1/9/2006 12:14:05 PM Hipatia (www) said:

Ah! O cognome...

Ass: a doida pouco lúcida e séria da casa


On : 1/9/2006 1:59:33 PM cruzeiro do tejo (www) said:

Esses são os que há mais!
As falsas meninas púdicas, que vão à igreja criticar os pecados dos outros e que as fazem pela calada....


On : 1/9/2006 4:11:15 PM Hipatia (www) said:

Ou os meninos púdicos, que também os há

Anónimo disse...

Mais Vozes

Todo o sexo é explícito! Penso que a grande diferença com que lhe quiseram vestir foi o ser ou não mais intenso, ser ou não mais hard-cores!
Wakewinha | | Email | Homepage | 01.06.06 - 11:39 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Mas porquê fazer distinções entre "tipos de sexo". Não é antes o que apetecer? Porquê chamar a um "hard-core"? Só o nome diz tudo de quem teve necessidade de catalogar o sexo, não te parece, Wakewinha?

Claire disse...

Posso levar esta regalia para casa?

Hipatia disse...

Claire, não sei há quanto tempo deixaste o comentário, mas penso que o Gaivina não se importa, se lhe reconheceres a mais que merecida autoria pelos desenhos e eu também não :)