2008-02-11

SIM porque sim!


aqui

É melhor acender uma vela do que maldizer a escuridão.
Provérbio


Porque há alturas em que ninguém pode perder a voz; porque prefiro o movimento à estagnação; porque só um caminho me parece realmente potenciador da mudança que ninguém ousa questionar como necessária; porque as palavras é o vento que as leva e de boas intenções sempre esteve o Inferno cheio,

Há um ano, sem qualquer dúvida ou remorso, fui:

VOTAR SIM!



E não estou arrependida, especialmente quando vejo que as previsões mais catastróficas não passaram disso mesmo: previsões. E ainda por cima erradas e falhadas. Deve ser difícil engolir este sinal de maioridade política e cívica.

11 comentários:

maria_arvore disse...

As previsões catastróficas eram promessas eleitorais do Não. E não eram para cumprir. ;)

Nuno Góis disse...

Nada como um magnífico SIM em lugares negativos!

Hipatia disse...

E, no entanto, se deres hoje uma passado por alguns blogues, vais ver que ainda te tentam "vender" essas tais promessas, forradas a imagens de fetos de 6 meses sangrentos, que há um ano não tiveram vergonha de invocar :(

Hipatia disse...

Sem dúvida, Nuno :)

Só tenho mesmo pena que, como de costume, tanta gente tenha deixado o rabo preso aos sofás. Eu preferia que o resultado de há um ano não tivesse deixado dúvidas. Mas a fraca participação deixou em aberto demasiadas questões. Deve ser por isso que agora me espanto quando tantos - provavelmente muitos dos que têm cola no rabo ou no sofá - se afadigam a pedir novo referendo. E logo sobre a UE... se um tema tão apaixonante como a dicotomia em que se abriu a sociedade acerca do sim ou do não à IVG não os fez sair de casa, será que um sobre a UE ia realmente mobilizar alguém?

Já agora: tu, que és um homem do teatro, não te lembras de nenhuma cena para juntar ali em baixo à colecção?

I. disse...

Também lá botei a cruzinha e não me arrependo nada! Cada vez que me lembro do alívio que senti, quando se soube que tinha ganho o sim...

Tenho medo é que ainda haja muita gente que não recorra ao SNS. Mas as pessoas vão perdendo a vergonha, acho eu.

E o número de IVG, ao longo dos anos, vai diminuir, tenho a certeza. Que é esse o objectivo, né?

Hipatia disse...

Claro! E acabou a injustiça de só um dos sexos ser penalizado por uma coisa que é feita a dois. Obviamente que me assusta quando vejo como tantos reclamam contra a educação sexual e a profilaxia. Mas depois vêm boas notícias. Viste a da distribuição gratuita de preservativos e sem número limite nos centros de saúde? Era também discriminatório que os homens não tivessem acesso a protecção, como se só a gravidez importasse e por isso se distribuísse a pílula. Ora, é essencial num País como o nosso onde, infelizmente, ainda não há o hábito arreigado, muito menos a noção de necessidade absoluta, de praticar sexo seguro. Às vezes, no meio do ruído dos telejornais, ouvimos umas coisas a que dá vontade bater palmas :)

Nuno Góis disse...

hipatia, peço desculpa, não percebi a pergunta que me faz, mas terei muito gosto em responder se assim for capaz.
beijos

Hipatia disse...

Nuno, no dia 8 lancei um desafio a quem passa pela Voz: dizerem-me qual seria a melhor cena de sexo alguma vez feita em cinema. Já lá estão os contributos de 7 bloggers, com os links para os posts nos respectivos blogues. Estava a perguntar se não terás uma cena semelhante para propor. Se seguires os links, talvez percebas melhor :) E talvez te divirtas ;-)

claire disse...

Hip os preservativos gratuitos e de boa"QUALIDADE"que os que lá há não servem nem ao menino jesus

Hipatia disse...

Vamos pensar positivo, Claire: um preservativo é sempre melhor que preservativo nenhum e não podem ser assim tão maus, certo?

Anónimo disse...

Mais Vozes

há um ano também votei sim... :=)
ainda não sinto grandes mudanças e acho que a comunicação social devia ter dado mais relevo a esta data um ano depois...
fábula | | Email | Homepage | 02.12.08 - 7:01 pm | #

--------------------------------------------------------------------------------

Também achei que a vida se limitou a continuar. O que já em si é bastante bom, perante os cenários apocalípticos que os defensores do não há um ano andaram a profetizar
Hipatia | | Email | Homepage | 02.12.08 - 7:46 pm | #