2005-03-04

4 de Março

Mãe! Vem ouvir a minha cabeça a contar histórias ricas
que ainda não viajei!
Traz tinta encarnada para escrever estas coisas!
Tinta cor de sangue verdadeiro, encarnado!
Eu ainda não fiz viagens
E a minha cabeça não se lembra senão de viagens!
Eu vou viajar.
Tenho sede! Eu prometo saber viajar.
Quando voltar é para subir os degraus da tua casa, um por um.
Eu vou aprender de cor os degraus da nossa casa.
Depois venho sentar-me a teu lado.
Tu a coseres e eu a contar-te as minhas viagens,
aquelas que eu viajei, tão parecidas com as que não
viajei, escritas ambas com as mesmas palavras.
Mãe! Ata as tuas mãos às minhas e dá um nó-cego
muito apertado!
Eu quero ser qualquer coisa da nossa casa.
Eu também quero ter um feitio, um feitio que sirva
exatamente para a nossa casa, como a mesa. Como a mesa.
Mãe! Passa a tua mão pela minha cabeça!
Quando passas a tua mão na minha cabeça é tudo tão verdade!

Almada Negreiros - Mãe


Hoje a minha mãe faz anos. A ela devo quase tudo o que sou. A ela me prende um nó-cego bem atado, muito apertado, de mãos que foram o meu primeiro afago, o meu alento, o meu parto. Mãos que são ainda a ponte para o regaço onde me sinto em casa, onde me refugio, onde encontro forças para continuar.

Parabéns, mãe!

Mesmo que o cale tanta vez, por estas palavras me serem antes sentidas do que soletradas, gosto muito de si!

3 comentários:

filipa disse...

oh bem bonito :)

mãe é sempre mãe.

beijinhos e parabéns à mãe da filha.

Hipatia disse...

Obrigada :)

Beijinho grande

Anónimo disse...

Mais Vozes

On : 3/4/2005 2:02:51 PM cap (www) said:

Um beijinho de parabéns para a tua Mamã.


On : 3/4/2005 2:08:35 PM Hipatia (www) said:

Obrigada, Cap


On : 3/4/2005 2:37:37 PM Diálogos Interactivos (www) said:

já agora , um jinho "virtual" de parabéns para a tua mamã e o desejo de um bom fim de semana
BJinho


On : 3/4/2005 2:45:26 PM Caliope (www) said:

Ahhhh Que bela época para nascer
Eu se não tivesse nascido em Novembro, adoraria ter nascido em Março
Muitos parabéns para ela.


On : 3/4/2005 3:12:12 PM Mar (www) said:

Beijinho á mamã da Hipatia


On : 3/4/2005 3:42:00 PM duende (www) said:

Não é um poema muito agradável, mas lembrei-me agora do 'Menino da sua Mãe' de Fernando Pessoa. Talvez pelo post abaixo. Parabéns à mãe.


On : 3/4/2005 4:32:48 PM sotavento (www) said:

Eu acho que ELA sabe!...


On : 3/4/2005 4:37:37 PM Hipatia (www) said:

Bom fim de semana, Diálogos e obrigada

(depois não te esqueças de me contar isso das mãos )


On : 3/4/2005 4:41:40 PM Hipatia (www) said:

Lá para o fim do mês, é a minha vez, Caliope. Escolhi nascer em Março, com o sol em Carneiro e a Primavera já de volta. Mas, sabes, no horizonte devia estar a despontar Novembro (ou talvez Outubro), que o ascendente ficou-se por Escorpião

Beijinho e obrigada


On : 3/4/2005 4:42:09 PM Hipatia (www) said:

Obrigada, Mar. Da Hipatia e da mamã da Hipatia


On : 3/4/2005 4:45:52 PM Hipatia (www) said:

«Lá longe, em casa, há a prece:
"Que volte cedo, e bem!"»


Pois! Não é isso que querem todas as mães? Talvez por isso os filhos tenham de - deviam ser - uns eternos agradecidos!

...

(Todas as mães? Bem, nem todas... Até para isto parece ser preciso ter sorte. Ainda há muitas mães de Joanas. Mas essas não merecem ser chamadas de mães )


On : 3/4/2005 4:47:48 PM Hipatia (www) said:

Bem vinda, Sotavento.

Sim, por acaso também acho que sabe. Acho que todas sabem, que aprendem as descodificar-nos todos os gestos, todos os sorrisos, todos os desafios, bem antes de termos sequer consciência de nós


On : 3/4/2005 7:45:45 PM Jacky (www) said:

Parabéns à tua mummy da jacky


On : 3/4/2005 8:13:52 PM Hipatia (www) said:

Obrigada, Jacky

Espero que não te importes de teres ido parar ali ao lado esquerdo. Todos quantos embarcaram no desafio do comPILAções foram para lá. Como eu acho que deve ser (às vezes sou muito tirana, eheheheh)