2006-04-19

Hipatia





«Software without borders. Knowledge without frontiers, that is Hipatia. We strive to have free knowledge, in action for towns and villages of the world.

Hipatia came up as a spontaneous coordination of people from all around the world that share a vision and a goal. And the vision is to have a global knowledge society based on freedom, equity and solidarity. Manifesto of Hipatia outlines this vision in detail.

Hipatia people want to:

- promote freedom of (and free sharing of) knowledge, as is the right of all human beings to access, use, create, modify and distribute knowledge freely and openly;
- realize, favour and/or promote the sustainable diffusion of human knowledge.

To make this goals reality hipatia people promote:

- public policies, human and social behaviours and outlook that favour free accessible, sustainable and sociable technology and knowledge;
- solidarity in the use of knowledge in the framework of an economical and social model built on the principal of equality of all human beings in all the countries of the world.»


Não sei bem se era algo assim que querias, Mad, mas o acesso ao conhecimento e à informação foi sempre uma das melhores formas para fazer de cada ser humano ou um escravo, ou um senhor do seu destino.


Defende o teu direito de pensar, porque pensar errado é melhor do que não pensar.

Hipátia de Alexandria
______________

Desafio (ver pormenores no Aliciante) lançado a:

8 comentários:

mad disse...

Eu sabia que sairia algo muito bom.
Obrigada Hipatia ;)

TheOldMan disse...

A fome intelectual é quase tão importante como a física, Hipatia.

;-)

Hipatia disse...

Há muito que ficava até por dizer um dos motivos do nick, Mad. E achei que não fazia mal divulgar uma "ideia" que poucos conhecem, neste mundo que vai globalizando assimetrias :)

Hipatia disse...

E não será quase sintomático vermos o esforço para chamar "pecado" a meios de difusão de saber, Old Man? O acesso ao conhecimento foi sempre uma arma, quer para quem o consegue, quer para quem quer evitar que se consiga. Um mundo de analfabetos é um mundo de fome e perpetuá-lo é o drama silenciado por entre uma profusão de interesses escusos :(

Cruzeiro disse...

Fui indicada ontem para o mesmo,já o tinha colocado esta manhã, mas já alterei referenciando tambem o teu convite...Obrigada por o teres feito. :)

Hipatia disse...

Então vou lá ver :))

maria_arvore disse...

Tá aceite, Hipatia!:)
Só tens de me deixar pensar no que vou divulgar, que depois de ver o teu...;) tenho de pensar muito. :)

Hipatia disse...

Não escolhi uma ONG particularmente dedicada a minorar sofrimentos imediatos e reais. Às tantas, é tão só a velha máxima de não dar o peixe, antes ensinar a pescar.

E, no entanto, ando a ponderar registar os textos da Voz, mais à conta dos textos do co-autor do blogue, do que propriamente à conta da duvidosa qualidade dos meus. Defendo o livre acesso, sim, mas não me agrada tolerar o roubo. E a verdade é que a "Hipatia" pretende defender quer os autores das ideias, quer quem as implementa, tentando evitar o enriquecimento só de alguns. Talvez Linus Torvald tenha feito realmente história...

Tenho a certeza que, mais uma vez, me vais surpreender :)